MÚSICA

Após 12 anos de trabalho, Orquestra Popular Marafreboi lança DVD ao vivo

A Orquestra Popular Marafreboi surgiu da variedade de gêneros musicais do Norte e Nordeste, como o maracatu, frevo, bumba meu boi, xote, baião, ciranda, dentre outros

*Renan Lisboa
postado em 29/10/2021 06:00
Maestro Fabiano, da Marafreboi -  (crédito: Divulgação)
Maestro Fabiano, da Marafreboi - (crédito: Divulgação)

A Orquestra Popular Marafreboi, formada pela mescla de diversos estilos e culturas com base na instrumentação de orquestra de sopro, lança seu primeiro DVD. Gravado no Museu Vivo da Memória Candanga, a obra conta com 13 faixas e leva o nome Candangos de lança, inspirado em uma de suas músicas.

Criado pelo trabalho do maestro Fabiano Medeiros da Costa, um recifense que buscou compartilhar a riqueza cultural de Pernambuco com músicos vindos de outras partes do país, a Orquestra Popular Marafreboi surgiu da variedade de gêneros musicais do Norte e do Nordeste, como o maracatu, frevo, bumba meu boi, xote, baião, ciranda, maxixe, xaxado, baião, dentre outros. Por meio dessa relação musical, teve início um trabalho autoral que personifica a diversidade cultural do país, que também se faz presente na orquestra.

Fabiano conta que gravar o DVD foi uma alegria enorme diante de toda a trajetória do grupo. "Um coroamento de um trabalho duro, com mais de 12 anos de existência. Então, esse trabalho é um amadurecimento, que chega ao final de uma grande jornada, que foi gravar o DVD", afirma. "A gente focou um pouco mais no autoral, tem os trabalhos mais clássicos, mas o autoral foi prevalente no DVD. E é um amadurecimento da orquestra, que começa a ter mais um rosto da cidade", disse o músico.

O maestro conta também que são muitos os obstáculos enfrentados pela orquestra nos últimos 15 anos. "O desafio é tentar trazer a orquestra para a cidade sempre, ficar atento a agenda da cidade, buscar mais consolidação de apresentações… Isso é um desafio, porque a cidade ainda não tem, não abarca tantos espaços que possam contemplar as orquestras. Tem alguns teatros fechados, e isso dificulta um pouco também. Como somos um grupo maior, sempre teremos maiores dificuldades, talvez esse seja um dos maiores desafios", afirma.

Segundo o maestro, apesar de todas as dificuldades enfrentadas pelo atual contexto da pandemia, a possibilidade de divulgar o trabalho da orquestra pela internet é gratificante. "Fazemos parte dessa representação de dança e de música presente em Brasília. Saber que isso existe por aqui é fantástico para mim, é um coroamento de fato, de todo o trabalho desses anos todos", conclui.

Tanto o álbum quanto o show de lançamento contam com participações especiais. Ed Carlos, Sah Santos, Maestro Formiga e Cris Visentin participaram do DVD e estarão presentes na apresentação ao vivo. O projeto tem realização do Beco da Coruja, produção do Instituto Janelas da Arte, da Marafreboi, do Clube do Frevo e da Maria Maria Produções. O patrocínio é do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) e os apoios são da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e do Museu Vivo de Memória Candanga.

Com lançamento previsto para domingo, a apresentação da orquestra será ao vivo, no Clube do Choro, a partir das 17h. Para assistir, basta comprar os ingressos pelo site da bilheteria do Clube do Choro ou pela própria bilheteria física, pelo valor de R$ 15 por pessoa.

*Estagiário sob a supervisão de José Carlos Vieira

 

CONTINUE LENDO SOBRE