Famosos

Whindersson revela o que vai fazer após despedida dos palcos em 2022

Humorista esclareceu o assunto através dos Stories do Instagram nesta terça (21)

Gustavo Soares - Especial para o Uai
postado em 21/12/2021 15:47
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

Após o anúncio de uma pausa na carreira em 2022, Whindersson Nunes gravou alguns vídeos para o Stories do Instagram na madrugada desta terça-feira (21/12) para explicar como será esse processo e o motivo pelo qual está fazendo isso.

“Eu não parei ainda. Vou fazer um último show. E quando falo isso, quer dizer, um último produto de show, mas eu ainda preciso fazer algumas apresentações para chegar nesse show e entregá-lo", explicou o humorista.

"Ontem fiz meu último show do ano, que foi no Rio de Janeiro, e no próximo ano ainda vou fazer show nos Estados Unidos, Europa, vou para a Ásia de novo, e alguns no Brasil, que já serão esse novo show, que vai se chamar Isso Não é um Culto, porque parece muito um culto, mas não será”, disse.

Whindersson ainda explicou que depois dessas últimas apresentações quer aproveitar a vida longe dos holofotes.

“A partir daí eu penso em, realmente, nem estar por aqui. Quero viver, assim, uma adolescência com responsabilidade. Porque eu meio que não tive adolescência. Fui criança até os 20 anos, e depois dali estou na pegada, trabalhando, desde sempre. E só fiz isso até hoje. E agora estou querendo me conectar de volta", explicou.

Despedida dos palcos

Whindersson Nunes publicou um longo texto em seu instagram nesta segunda-feira (20/12). Além de agradecer ao público do Rio de Janeiro, onde fez um show no último domingo (19/12), o comediante e youtuber anunciou que a próxima apresentação será a última, pelo menos, por enquanto.

Durante seu texto, Whindersson justificou sua decisão e explicou como chegou à conclusão de que precisava parar: “O meu próximo e ultimo show, vai ser um show de despedida, não para sempre, porque isso não existe, ninguém para para sempre, eu amo estar no palco, mas eu já estive nele por quase 10 anos, rodei o Brasil e vi tantas pessoas, em tantas situação que eu fico constrangido quando alguém não tem 30 reais pra dar risada junto com todos, não me incomodo com a fama por que eu só sou amado pelas pessoas como sou, porque elas me conhecem, e eu amo esse amor, mas me afetou em outros níveis e eu acho que ainda não sei lidar, preciso assimilar e entender o que fazer com isso”, disse o artista.

Seu último show foi intitulado Isso não é um culto e marcará um ‘até logo’ que o comediante está dando dos palcos para se preservar.

Vale lembrar que Whindersson sofreu com impactos da depressão e acumulou acontecimentos desgastantes nos últimos tempos , como duas separações e a perda de um filho, que nasceu prematuro.

“Meu último show se chamará Isso não é um culto, porque eu vejo que a maioria tá ali buscando uma palavra amiga que dê um rumo a seguir, vai parecer muito um culto, mas não é, eu não sou pastor nem psicólogo, nem acho que sei mais que ninguém, mas a cada pessoa que olha nos meus olhos e diz ‘acho que você salvou minha vida’, eu tenho mais certeza que eu não faço nada, nem mereço agradecimento nenhum, porque eu sou só um instrumento nas mãos do criador”, disse.

Se retirar dos palcos, para Whindersson, também significa ter novas ideias, conhecer novos lugares e preparar novos shows. Confira a postagem do comediante:

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE