Música

Aos 86 anos, Alaíde Costa canta dores e amores paulistanos em novo álbum

Em 'Canções de amores paulistas', uma das grandes vozes da música popular brasileira, Alaíde Costa interpreta canções de Eduardo Santhana

Irlam Rocha Lima
postado em 30/03/2022 06:00
Alaíde Costa: ela sempre canta o que quer, sem concessões -  (crédito: Jardiel Carvalho/Divulgação)
Alaíde Costa: ela sempre canta o que quer, sem concessões - (crédito: Jardiel Carvalho/Divulgação)

A história de Alaíde Costa na música popular brasileira está intimamente ligada à bossa nova e ao Clube da Esquina. Aos 86 anos, a cantora carioca, intérprete de grande sensibilidade, que conquistou a admiração de João Gilberto e Milton Nascimento, chega ao seu 25º disco, intitulado Canções de amores paulistas em que empresta sua voz sussurrante a composições de Eduardo Santhana, responsável também pela produção, arranjos e orquestração.

Integrante, desde os anos 1990, do coletivo paulistano Trovadores Urbanos, Santhana tem composições gravadas por Jane Duboc e Ronnie Von. Em carreira solo, ele tem sete LPs lançados, com destaque para Musicando poesias, a partir de versos de Fernando Pessoa, Carlos Drummond de Andrade e Vinicius de Moraes. No DVD Eduardo Santana — Voz e Pianos, ele contou com a participação de João Donato, Hermeto Paschoal, Ivan Lins, Amilton Godoy, Zé Miguel Wisnik, Michel Freidenson, Leila Pinheiro e Jane Duboc.

Gravado em setembro de 2021, Canções de amores paulistas reúne 13 faixas, nas quais foram registradas músicas compostas por Eduardo Santana em diferentes períodos. Há as que fez sozinho, como Anjo meu, Amada pra sempre, Cláudia e Alaíde, Alaúde. Outras compôs com parceiros, entre eles Juca Novaes (Canta), Carlos Henry (Meio a meio), Nelson Botton (Lua linda), Alfredo Gasparette (Sal) e Isolda (Vazio). Nos acompanhamentos, ao lado de Santhana estão: Sylvio Mazzuca Jr. (baixo), Mochel Freidenson (piano e teclados), Afriana Holtz (violoncelo), Duda Neves (bateria), Lulinha Alencar (acordeon) e Teco Cardoso (sax).

Eduardo Santhana é só elogios ao falar da cantora: "Alaíde é uma das nossas maiores vozes. E o mais importante, nesses anos todos, sempre cantando o que quer, sem fazer concessões". Em relação às canções que ela interpreta no álbum ele destaca: "São dores, amores, enfim determinado sentimento, que, eu, paulistano, vejo em mim e consegui com que meus parceiros traduzissem e que casam perfeitamente com a voz e o jeito de Alaíde".

Canções de amores paulistas — Alaíde Costa canta Eduardo Santhana

Álbum com 13 faixas. Lançamento do selo Cantar Music — MCK Discos. Preço sugerido: R$ 30.Disponível nas plataformas digitais.

 

 

CONTINUE LENDO SOBRE