Carnaval

Folia embalada pelo brega é a tônica do pré-carnaval no Suvaco da Asa

O Suvaco da Asa homenageia Reginaldo Rossi em festa para todas as idades e pessoas no Eixo Monumental

Suvaco da Asa de 2023 -  (crédito: Divulgação)
Suvaco da Asa de 2023 - (crédito: Divulgação)
postado em 02/02/2024 06:20 / atualizado em 02/02/2024 06:20

A época de carnaval começa em Brasília neste fim de semana. O tradicional bloco Suvaco da Asa vai juntar seus foliões para desfilar pelo estacionamento do Complexo do Eixo Cultural Ibero Americano amanhã com programação que ocupa a manhã, a tarde e a noite dos brasilienses e traz homenagem ao Rei do Brega, Reginaldo Rossi.

No ano em que Rossi completaria 80 anos, o cantor, que morreu em 2013, ganha foco na programação deste que é um dos maiores blocos da capital. O artista que entoa os clássicos como Garçon, Leviana e A raposa e as uvas é o pernambucano Otto. Essa essência pernambucana que sempre regeu o Suvaco da Asa é a tônica do bloco. "O Suvaco é um bloco que preserva a matriz carnavalesca pernambucana. Em Pernambuco, Reginaldo Rossi é um rei. Brasília é uma cidade que sempre recebeu e recebe muito bem o povo pernambucano e toda sua cultura", afirma Pablo Feitosa, diretor do evento. "Reginaldo Rossi faz parte dessa cultura que o brasiliense absorveu, amou e vivencia", completa.

Quanto à infraestrutura, o bloco terá o cuidado redobrado com o público PCD com atendimento em libras, área para assistir aos shows em frente ao palco e programação específica para pessoas que sofreram AVCs, com o bloco irmão AVenCemos. "Uma busca constante que o Suvaco carrega, entender e melhorar sempre para seu folião", exalta o diretor.

Pablo também separou um tempo apenas para as crianças. O intitulado Suvaquinho terá shows com palhaços, apresentação da Orquestra Meninos da Ceilândia e do Grupo Mapati com a peça Os Saltimbancos. "Posso dizer que teremos novidades em cada um dos momentos do Suvaco", crava Pablo.

Ambiente seguro

Pablo Feitosa afirma que um dos grandes focos do bloco é assegurar que o público não se preocupe ao brincar o carnaval. Ao Correio, ele destrincha as medidas de segurança tomadas para 2024.

Duas perguntas // Pablo Feitosa

Quais são as medidas de segurança e infraestrutura tomadas para este ano?

Agradecemos sempre por, o Suvaco, ser um bloco grande e com registros de poucas ocorrências. Isso se dá pelo fato de sempre procurarmos os órgãos de segurança do GDF, para que seja feito todo um alinhamento e planejamento da segurança do foilão e dos que estão trabalhando. O Suvaco tem uma tradição em ter grandes públicos e isso necessita uma atenção e cuidados com todas e todos os foliões que vêm brincar com a gente. Especificamente as medidas contra assédio sexual.

O que está sendo pensado e será aplicado?

Já tem mais de 13 anos que o Suvaco começou em suas redes de internet e hoje sociais campanhas sobre qualquer tipo de abuso, machismo, assédio, racismo, homofobia e todas as demais formas de violência que sofremos. Além de campanha em nossas redes sociais, temos sempre o apresentador chamando a atenção e falando sobre quem sofrer algo, onde pode se dirigir e procurar ajuda. Além de drinks como códigos que se uma mulher pede, é porque ela está sendo assediada. Assim, podemos dar o suporte que for necessário.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
-->