Mercado financeiro

Fed pode anunciar redução de estímulos ainda nesta quarta-feira (3/11)

Com redução de estímulos bilionários de compra de títulos próxima, banco central dos Estados Unidos detalha, nesta quarta-feira (3/11), decisão sobre juros, atualmente entre 0% e 0,25% ao ano

Fernanda Strickland
postado em 03/11/2021 11:26

O Federal Reserve (Fed) detalha nesta quarta-feira (3/11) a decisão sobre juros nos Estados Unidos, atualmente entre 0% e 0,25% ao ano. Após reunião de dois dias, o banco central dos Estados Unidos deve divulgar também os planos para encerrar suas compras de títulos da era da pandemia até meados de 2022. Como a inflação está durando mais do que o esperado, as autoridades estão voltando o foco para o que fazer em relação a um salto na inflação.

São cerca de US$ 120 bilhões disponibilizados todos os meses em compras de ativos, algo parecido ao que ocorreu na crise de 2008, para que os mercados financeiros não parem de movimentar-se. Segundo a ata, a operação, que é "uma trajetória ilustrativa de redução", vai reduzir as compras em US$ 15 bilhões por mês a partir de novembro ou dezembro, e encerraria o programa até junho ou julho.

Ainda destaca que o Fed irá alterar outras partes de seu comunicado de política monetária, e particularmente sua descrição da inflação como "amplamente refletindo fatores transitórios". As autoridades do Fed ainda mantêm amplamente essa visão, pois esperam que, em algum momento de 2022, os gargalos de oferta globais tenham diminuído. Também é aguardado que a demanda por bens alimentada pela pandemia entre os consumidores dos EUA recue, e que pessoas suficientes busquem voltar ao trabalho para reduzir o ritmo de aumentos de salários e benefícios. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE