Mercado Financeiro

Musk perdeu US$ 12,3 bi em um dia após declarações polêmicas

Perda estaria relacionada às críticas do empresário contra critérios de sustentabilidade para empresas e falas sobre política

Camilla Germano
postado em 19/05/2022 18:25
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

Passando por problemas na compra do Twitter, o empresário e bilionário Elon Musk também vive momentos conturbados em relação a grande fortuna dele. Em apenas cinco meses de 2022, o fundador da Tesla e da Space X já perdeu US$ 60,3 bilhões, segundo informações da empresa de tecnologia Bloomberg.

O empresário não chegou a deixar o posto de homem mais rico do mundo, no entanto, as declarações diretas de posicionamentos políticos e falas contra temáticas de sustentabilidade causaram a perda de US$ 12,3 bilhões em um único dia.

Duas falas de Musk no Twitter chamaram a atenção. A primeira é sobre o voto dele em candidatos do partido Republicano. "No passado eu votei [no partido] Democrata porque eles eram (na maioria) o partido da bondade. Mas eles se tornaram o partido da divisão e do ódio, então não posso mais apoiá-los e votarei nos Republicanos. Agora, veja a campanha de truques sujos deles contra mim se desenrolarem", afirmou.

Abaixo da postagem, ele ainda comentou: "A julgar pelo fluxo de ódio implacável da extrema esquerda, este tweet foi certeiro".

Críticas contra a sustentabilidade

No entanto, foram os comentários críticos ao critério ESG — práticas empresariais para a sustentabilidade de empresas — que causaram o maior impacto na fortuna de Musk.

As falas ocorreram após a retirada da Tesla, uma das empresas do bilionário, do S&P 500 EGS Index, um índice que mostra o desempenho de empresas em ações ambientais, sociais e de governança corporativa.

As razões para exclusão da empresa incluem as alegações de discriminação racial em uma das fábricas da empresa, na Califórnia (EUA), acidentes de carros que usam o piloto automático e a falta de explicações sobre estratégias de baixo carbono.

Na postagem no Twitter, Musk critica a retirada da Tesla da lista e a permanência da empresa petroleira Exxon Mobil.

"A Exxon é classificada como uma das dez melhores do mundo em meio ambiente, social e governança (ESG) pela S&P 500, enquanto a Tesla não fez parte da lista! O ESG é uma farsa. Foi armada por falsos guerreiros da justiça social", declarou.

Ambas as postagens foram feitas na quarta-feira (18/5), dia em que as ações da Tesla fecharam em queda de quase 7%.

Vale lembrar que a queda das ações também está diretamente ligada a possível compra do Twitter pelo bilionário. O receio da compra estão em falas de Musk de que gostaria que a rede social fosse um ambiente com menos filtros e livre de censuras, como por exemplo a liberação para Donald Trump voltar a plataforma.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE