Aeroportos

Anac aprova 7ª rodada de concessão de aeroportos para 18 de agosto

Ao todo, serão 15 aeroportos das regiões Norte, Sudeste e Centro-Oeste a serem leiloados em três blocos. Na última quarta-feira, o Tribunal de Contas da União (TCU) já havia dado o aval para as concessões.

Raphael Pati*
postado em 06/06/2022 18:10
 (crédito: Nacho Doce/Reuters )
(crédito: Nacho Doce/Reuters )

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou a concessão do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e de outros 14 aeroportos localizados em três regiões do Brasil: Norte, Sudeste e Centro-Oeste, nesta segunda-feira (6/6). O leilão está marcado para o dia 18 de agosto.

Os aeroportos serão divididos em três blocos. Um deles é liderado pelo aeroporto de Congonhas, um dos mais movimentados do país, e conta com outros dez terminais, localizados em três estados: Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Pará. Integram esse bloco os aeroportos de Campo Grande (MS), Corumbá (MS), Ponta Porã (MS), Santarém (PA), Marabá (PA), Carajás (PA), Altamira (PA), Uberlândia (MG), Uberaba (MG) e Montes Claros (MG).

O segundo bloco é formado pelos aeroportos de Campo de Marte (SP) e Jacarepaguá (RJ) e o terceiro por aeroportos que se encontram em capitais da região Norte do país: Belém (PA) e Macapá (AP). O leilão deve ocorrer na Bolsa de Valores em São Paulo, a B3.

O aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, também era esperado para integrar as concessões. No entanto, ele deve ser leiloado apenas em 2023, junto com o Aeroporto do Galeão (RJ), que se encontra em processo de devolução pela concessionária que administra o aeroporto desde 2014.

*Estagiário sob a supervisão de Pedro Grigori

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE