Futebol

Mano celebra primeira vitória no Corinthians, mas freia empolgação

Treinador não escondeu felicidade com primeiro triunfo neste retorno ao Timão e explicou a utilização de jogadores experientes no duelo

Mano conseguiu sua primeira vitória nesta terceira passagem pelo Corinthians -  (crédito: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)
Mano conseguiu sua primeira vitória nesta terceira passagem pelo Corinthians - (crédito: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)
Jogada10
postado em 26/10/2023 10:48

O Corinthians venceu o Cuiabá nesta quarta-feira (26/10) por 1 a 0, na Arena Pantanal, pela 29° rodada do Campeonato Brasileiro. E ninguém comemorou mais este triunfo do que o técnico Mano Menezes. Afinal, foi a sua primeira vitória desde que iniciou a terceira passagem pelo clube alvinegro.

O técnico admitiu que optou por jogadores mais experientes nesta partida por conta do tipo de jogo brigado do Cuiabá. Afinal, Gil, Fábio Santos, Renato Augusto, Giuliano e Romero iniciaram a partida na Arena Pantanal.

"A gente esperava um jogo difícil, como foi. O Cuiabá iniciou um pouco melhor do que a gente, com pressão e bola cruzada na área. É uma característica deles, porque têm bons cabeceadores e chegam bem pelos lados, então tivemos que ter mais cuidados. Depois passamos a controlar o jogo. Não seria um jogo de muitas oportunidades, é tenso e vale muito", disse Mano Menezes, que prosseguiu.

"Nessa hora você começa a pensar nas consequências, e a equipe tinha que ser madura. Escolhi jogadores em sua maioria bem rodados e acostumados a situações como esta, de pressão. Conseguimos entregar um jogo muito competitivo e lutar pela vitória até o fim. Numa dessas bolas, às vezes você pode tomar o gol e também pode fazer".

Mano celebra, e muito, primeira vitória no Corinthians

Por fim, o treinador celebrou muito sua primeira vitória neste retorno ao Corinthians. Antes, havia perdido para o São Paulo (com o auxiliar Sidnei Lobo no banco) e registrou empates com Flamengo, Fluminense e com o lanterna América-MG. Sendo assim, Mano não conseguiu esconder a felicidade com o triunfo.

"Já estava na hora. Eu tenho uma tese que defendo: sempre que a gente passa um tempo com dificuldade, logo se preocupa em querer ganhar, mas acho que primeiro tem que estancar as derrotas. Estancarmos, paramos, solidificamos um pouquinho, vamos ganhando confiança. Foi uma vitória importante para confiarmos na capacidade que temos de voltar a crescer. Não está tudo maravilhoso, não é empolgação, porque não tem nada de empolgação, mas agrega muito em termos de confiança para a equipe voltar a entregar um futebol constante e competitivo, como sempre foi no Corinthians", concluiu o treinador.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br