Racismo

LaLiga denuncia crime de ódio após insultos contra Vini Jr. em Getafe

Ofensas ocorreram na quinta-feira da semana passada, no jogo atrasado pela 20ª rodada do Campeonato Espanhol, que terminou com a vitória do Real Madrid por 2 a 0

Vinícius Júnior virou um símbolo da luta contra a discriminação no futebol espanhol, após sofrer insultos racistas em vários jogos desde sua chegada a Madri, em 2018.  -  (crédito: Pierre-Philippe Marcou/AFP)
Vinícius Júnior virou um símbolo da luta contra a discriminação no futebol espanhol, após sofrer insultos racistas em vários jogos desde sua chegada a Madri, em 2018. - (crédito: Pierre-Philippe Marcou/AFP)
postado em 06/02/2024 17:42

A LaLiga, organizadora do Campeonato Espanhol, denunciou à Procuradoria de Crimes de Ódio na Espanha os insultos racistas contra o atacante brasileiro Vinícius Júnior, do Real Madrid, em um jogo na semana passada no estádio do Getafe.

A organização confirmou à AFP que foi à Procuradoria para apresentar a denúncia, habitualmente levada à Federação Espanhola e à Comissão Antiviolência depois de cada rodada.

No documento, LaLiga afirma que, na entrada do Real Madrid no campo do Getafe, "foi detectada uma gravação em que vários torcedores locais entoam cânticos intolerantes, sendo ouvidos gritos individuais de 'filhos da p...' e 'Vinícius macaco'".

A entidade também afirma que houve gritos contra o jogador Dani Ceballos e ao Real Madrid, destacando que o Getafe reagiu "imediatamente, emitindo uma mensagem pelo sistema de alto-falantes e pelo placar de vídeo contra os insultos".

Os fatos ocorreram na quinta-feira da semana passada, no jogo atrasado pela 20ª rodada do Campeonato Espanhol, que terminou com a vitória do Real Madrid por 2 a 0.

Vinícius Júnior virou um símbolo da luta contra a discriminação no futebol espanhol, após sofrer insultos racistas em vários jogos desde sua chegada a Madri, em 2018. 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br