treino

Damián Suárez recebe ‘batismo’ de companheiros do Botafogo

Damián Suárez é batizado pelos colegas em seu primeiro treino no Botafogo

Damián Suárez é batizado pelos colegas em seu primeiro treino no Botafogo  -  (crédito:  Foto: Arthur Barreto/Botafogo)
Damián Suárez é batizado pelos colegas em seu primeiro treino no Botafogo - (crédito: Foto: Arthur Barreto/Botafogo)
Jogada10
postado em 11/02/2024 12:48

O lateral-direito Damián Suárez participou pela primeira vez de um treino do Botafogo, neste sábado (10/2). Assim, recebeu a saudação e foi “batizado” pelos colegas de time, no CT do Espaço Lonier, na zona oeste do Rio.

No treino – em que os jogadores se reapresentaram após dois dias de folga – o técnico Tiago Nunes preparou a equipe para o jogo contra o Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca. O jogo será na quarta-feira (14/2), às 19h (de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, a casa do adversário, no Sul Fluminense.

O uruguaio, de 35 anos, chegou oficialmente ao clube da Estrela Solitária na sexta-feira (9/2), como um reforço no setor, já que Rafael se recupera de cirurgia.

Para o jogo contra o Volta Redonda, além da ausência de Rafael, o Botafogo também não poderá contar com outros seis jogadores. Afinal, John, Marçal, Patrick de Paula, Jacob Montes e Jeffinho sofreram lesões. Além deles, Lucas Halter é desfalque porque recebeu suspensão após o terceiro cartão amarelo.

Damián Suárez tem carreira quase inteira na Espanha

Nascido em 27/4/1988, em Montevidéu, capital uruguaia, Damián também tem nacionalidade espanhola. Afinal, sua carreira é praticamente toda em território espanhol. Assim, após se formar no Defensor (do Uruguai), ele foi para o Real Sporting, da Espanha, já em 2011, e ali continuou, passando pelo Elche (2012 a 2015) e se estabelecendo por nove anos no Getafe, de onde saiu para vir para o Brasil a convite do Glorioso.

Damián, inclusive, declarou que a oferta do Botafogo foi tão boa que em nenhum momento ele hesitou em aceitá-la. Dessa forma, o contrato de Damián no Botafogo vai até dezembro de 2025.

A longa permanência no Getafe, porém, fez com que o jogador se emocionasse e até chorasse na despedida.

Pela seleção do Uruguai, ele atuou em 7 jogos, sem fazer gol.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br