PERU

Vestidos de Papai Noel e duendes, policiais prendem traficantes

A tática faz parte de uma série de operações no Peru que tem como ponto forte o "elemento surpresa", segundo as autoridades locais

Jéssica Gotlib
postado em 17/12/2020 22:33 / atualizado em 17/12/2020 22:35
Policiais descobriram que haveria uma ação de natal perto da casa do suspeito e decidiram se fantasiar para que a abordagem não fosse notada -  (crédito:  AFP PHOTO / PERU'S NATIONAL POLICE)
Policiais descobriram que haveria uma ação de natal perto da casa do suspeito e decidiram se fantasiar para que a abordagem não fosse notada - (crédito: AFP PHOTO / PERU'S NATIONAL POLICE)

Agentes da Polícia Nacional do Peru usaram um disfarce inusitado para prender traficantes em Lima, capital do país: vestiram-se de Papai Noel e elfos durante uma operação realizada nesta semana no distrito de Villa El Salvador. Por baixo das fantasias, eles usavam coletes a prova de balas e, como arma, um martelo para arrombar a casa do suspeito.

Informações oficiais dizem que o homem havia sido filmado vendendo drogas do lado de fora da casa em que vive, nas proximidades de uma escola. Segundo um porta-voz da polícia, os agentes encontraram maconha, pasta base de cocaína, um revólver e um capuz do estilo balaclava (ou touca-ninja).

"Fizemos uma análise antes da operação e ficamos sabendo que seriam realizadas atividades de Natal, então os policiais se vestiram de acordo com o contexto desse momento", explicou à imprensa local o coronel Fredy Velazquez, chefe do esquadrão antidrogas Grupo Terna.

Enquanto a equipe invadia o local, um dos policiais gritou: "Você perdeu, o Natal chegou. Somos da polícia, esta é uma operação antidrogas". Para solucionar qualquer dúvida que pudesse ter restado de que a ação seria uma possível entrega de presentes, os homens imobilizaram o suspeito imediatamente, pressionando-o contra o chão e algemando-o.

Velazquez disse também que esse tipo de abordagem ocorre há alguns anos e vem sendo bem sucedida. "Com os resultados que estamos vendo, uma quantidade expressiva de drogas foi confiscada, tanto maconha quanto pasta base de cocaína em pequenos pacotes, uma arma de fogo também foi apreendida", contou.

Polêmica

Apesar de divulgar operações como essa como um caso de sucesso, a Polícia Nacional passa por um momento complicado em relação à opinião pública no Peru. Há cerca de um mês, o presidente do país, Francisco Sagasti, precisou anunciar uma reforma em todo o sistema policial após duas pessoas morrerem e mais de cem ficarem feridas em uma manifestação com violenta repressão policial.

Esse fato, inclusive, foi o causador da renúncia de Manuel Merino, levando o Peru a ter três presidentes no intervalo de uma semana. Organizações não governamentais que atuam no país dizem que a divulgação dessas operações é mais um capitulo da crise política que envolve denúncias de corrupção e de excesso de uso da força pelo estado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE