Terrorismo

Ataque deixa oito mortos no leste de Burkina Faso

Burkina Faso é alvo deste tipo de ataque desde 2015. O país faz fronteira com Mali e Níger, onde a ofensiva jihadista é frequente

Agência France-PresseCentenas de pessoas se manifestam em Madri contra confinamentos parciais
postado em 06/04/2021 11:45
 (crédito: THOMAS SAMSON)
(crédito: THOMAS SAMSON)

Pelo menos três policiais e cinco membros civis das forças "antijihadistas" morreram nesta segunda-feira (5/4) à noite em um ataque no leste de Burkina Faso - informaram fontes de segurança.

"Unidades mistas de gendarmes e voluntários para a defesa da pátria foram vítimas de um ataque em Tanwalbougou, na província de Gourma. O balanço provisório é de três gendarmes e cinco voluntários mortos", relatou uma fonte de segurança.

"Outro gendarme e um voluntário gravemente ferido foram levados para o hospital regional de Fada N’Gourma", acrescentou a mesma fonte.

O ataque foi confirmado por uma autoridade local dos membros voluntários civis.

"Foi cometido por dezenas de homens em motocicletas, que atacaram principalmente uma equipe de patrulha na saída leste de Tanwalbougou", completou.

Burkina Faso é alvo deste tipo de ataque desde 2015. O país faz fronteira com Mali e Níger, onde a ofensiva jihadista é frequente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE