Tailândia

Elefante quebra parede de cozinha na Tailândia em busca de comida

"Quando ele não ganha comida, vai embora sozinho", conta morador da família Boodchain, acostumada com a presença do animal

Agência France-Presse
postado em 22/06/2021 16:43
 (crédito: RADCHADAWAN PEUNGPRASOPPORN / FACEBOOK / AFP)
(crédito: RADCHADAWAN PEUNGPRASOPPORN / FACEBOOK / AFP)

Um elefante remexendo na cozinha não surpreende a família tailandesa Boodchan, que se acostumou a receber repetidas visitas do paquiderme.

"Ele voltou para cozinhar", brinca Kittichai Boodchan, em mensagem que acompanha um vídeo postado no Facebook, gravado por ele no fim de semana.

Na gravação, vê-se o animal abrindo caminho com a tromba na cozinha.

Talvez por causa de um desejo noturno, o paquiderme enfiou a cabeça na cozinha de Boodchan na madrugada de domingo (20), usando a tromba para procurar comida.

Em um dado momento, o elefante pegou um saco plástico cheio de líquido, olhou rapidamente para ele e depois o colocou na boca. O vídeo termina abruptamente.

A família de Boodchan vive perto de um parque nacional no oeste da Tailândia, próximo a um lago onde estes mamíferos selvagens costumam se banhar quando percorrem a selva.

O homem não se assusta com o imponente elefante, um visitante que passeia, com frequência, pelas casas de seu povoado. O animal se alimenta e, depois, volta para a floresta.

Boodchan contou que o elefantes destruiu a parede de sua cozinha em maio, criando uma espécie de cozinha "ao ar livre".

Ele explicou que uma regra geral para tratar os visitantes indesejáveis é não alimentá-los.

"Quando ele não ganha comida, vai embora sozinho", disse Boodchan à AFP. "Já estou acostumado que ele venha, então não fico tão preocupado", acrescentou.

© Agence France-Presse

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE