Trajetória polêmica

Jack Dorsey deixará o cargo de CEO do Twitter

O empreendedor é frequentemente criticado por não ter deixado o comando de sua outra empresa, para se concentrar apenas no Twitter.

Agência France-Presse
postado em 29/11/2021 13:46
 (crédito: Marco BELLO / AFP)
(crédito: Marco BELLO / AFP)

Nova York, Estados Unidos- O diretor-geral e co-fundador do Twitter, Jack Dorsey, deixará seu cargo de diretor-geral da rede social, segundo a rede de informações financeiras CNBC.

Desde seu retorno à frente da empresa em outubro de 2015, o empreendedor é frequentemente criticado por não ter deixado o comando de sua outra empresa, a especialista de pagamentos móveis Square, para se concentrar apenas no Twitter.

Milionário desde 2013 após a introdução do Twitter na bolsa, Jack Dorsey tem uma fortuna estimada em 11,8 bilhões de dólares pelo site da revista Forbes.

Sua primeira etapa à frente do Twitter como diretor-geral foi em 2007 e 2008, mas foi retirado do cargo pelo conselho de administração, insatisfeito com sua gestão.

O mercado reagiu favoravelmente à informação, não confirmada pela empresa, e o Twitter subiu um pouco após a abertura de Wall Street.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE