TRÁFICO DE DROGAS

Túnel de narcotraficantes na fronteira entre EUA e México é descoberto

Escavado a mais de 18 metros de profundidade, o túnel transfronteiriço contava com "paredes reforçadas e um sistema de trilhos, eletricidade e ventilação"

Agence France-Presse
postado em 17/05/2022 17:06 / atualizado em 17/05/2022 17:06
Com 18 metros de profundidade, o túnel ligava o EUA e o México       -  (crédito: HOMELAND SECURITY INVESTIGATIONS / AFP)
Com 18 metros de profundidade, o túnel ligava o EUA e o México - (crédito: HOMELAND SECURITY INVESTIGATIONS / AFP)

Um túnel de 530 metros de comprimento entre as cidades de San Diego, na Califórnia, e Tijuana, no México, foi descoberto pela polícia dos Estados Unidos durante uma investigação sobre tráfico de drogas, anunciou a Justiça americana na segunda-feira (16/5).

Escavado a mais de 18 metros de profundidade, o túnel transfronteiriço contava com "paredes reforçadas e um sistema de trilhos, eletricidade e ventilação", segundo o comunicado do procurador federal do Distrito Sul da Califórnia.

O comunicado também indica que seis moradores nos Estados Unidos foram acusados de "associação criminosa para o tráfico de 799 kg de cocaína". Além dessa droga, as autoridades também apreenderam 74 kg de metanfetamina e 1,5 kg de heroína.

  • O túnel também tinha paredes reforçadas, um sistema de trilhos , eletricidade e ventilação HOMELAND SECURITY INVESTIGATIONS / AFP
  • O caminho foi construído por narcotraficantes para transferência de drogas entre os dois países HOMELAND SECURITY INVESTIGATIONS / AFP
  • Com 18 metros de profundidade, o túnel ligava o EUA e o México HOMELAND SECURITY INVESTIGATIONS / AFP
  • Um túnel foi encontrado pela polícia federal dos EUA perto de Otay Mesa, na Califórnia HOMELAND SECURITY INVESTIGATIONS / AFP

Agentes do Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos descobriram o túnel na sexta-feira durante uma operação de vigilância em frente a uma casa utilizada para armazenar drogas.

Observando a movimentação dos suspeitos, os agentes chegaram ao armazém localizado a 90 metros da fronteira com o México. Depois de inspecionar a construção, encontraram a entrada do túnel, escavada em um piso de cimento.

"Não há mais luz no fim deste túnel", disse o procurador Randy Grossman.

"Vamos eliminar todas as passagens subterrâneas de contrabando que encontrarmos para evitar que drogas ilegais cheguem às nossas ruas e destruam nossas famílias", afirmou.

Os túneis na fronteira EUA-México são frequentemente escavados por contrabandistas para introduzir imigrantes atraídos pelo "sonho americano" ou drogas.

Os EUA são o maior consumidor mundial de cocaína sul-americana.

De acordo com as autoridades americanas, mais de 90 túneis foram descobertos apenas no Distrito Sul da Califórnia desde 1993.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE