Green Day

Suspensão do aborto: vocalista do Green Day não quer ser mais americano

Decisão da Suprema Corte americana de suspender o direito ao aborto deixou vários artistas revoltados, um deles é Billie Armstrong, vocalista do Green Day

Matheus Vaz*
postado em 27/06/2022 15:36
Billie diz pretender virar um cidadão inglês após a decisão -  (crédito: THOMAS SAMSON)
Billie diz pretender virar um cidadão inglês após a decisão - (crédito: THOMAS SAMSON)

Após decisão da Suprema Corte de suspender o direito ao aborto nos Estados Unidos, o vocalista da banda de punk rock Green Day, Billie Joe Armstrong, anunciou em um show na Inglaterra, nesta sexta-feira (24), seu desejo de renunciar a cidadania americana.

"Estou renunciando à minha cidadania …. estou vindo para cá (Inglaterra). Vocês vão ter muito mais de mim nos próximos dias. Há muita estupidez no mundo para voltar a esse país miserável". Disse o cantor ao jornal da CNN

Ele é apenas mais um dos artistas a criticar recente decisão da Suprema Corte americana que reverte a determinação de um tribunal, de 49 anos atrás, no julgamento do caso Roe vs Wade, em que os governos não poderiam infringir o direito à privacidade das mulheres ao proibir a interrupção da gravidez.

Outros artistas também usaram o próprio show como plataforma de indignação com a decisão, como: Phoebe Bridgers, Billie Eilish, Kendrick Lamar e Olivia Rodrigo.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE