H5N1

Caso de gripe aviária é confirmado em humano nos Estados Unidos

Segundo o Centro de Controles e Prevenção de Doenças (CDC) do país, o vírus da influenza H5N1 foi detectado no paciente após entrar em contato direto com o leite de vacas infectadas

O paciente apresentava uma inflamação ocular como único sintoma quando foi testado, e está sendo tratado com o antiviral oseltamivir -  (crédito: Reprodução/Unsplahs/Martha Dominguez de Gouveia)
O paciente apresentava uma inflamação ocular como único sintoma quando foi testado, e está sendo tratado com o antiviral oseltamivir - (crédito: Reprodução/Unsplahs/Martha Dominguez de Gouveia)
postado em 01/04/2024 21:44 / atualizado em 01/04/2024 21:45

Uma pessoa no Texas, nos Estados Unidos, está sendo tratada após ter contraído a gripe aviária. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), informou nesta segunda-feira (1º/4), que ele teve exposição direta com o leite de vacas infectadas com a influenza H5N1.

O paciente apresentava uma inflamação ocular como único sintoma quando foi testado, e está sendo tratado com o antiviral oseltamivir. O vírus foi detectado em rebanhos leiteiros no Texas e no Kansas na semana passada e, desde então tem se espalhado. A cepa foi confirmada também no Michigan, Idaho e Novo México, disseram as autoridades federais na última sexta-feira (29/3), ao jornal norte-americano The Washington Post

As autoridades federais informaram que o caso confirmado não altera a avaliação do risco para a saúde pública nos EUA. “Embora sejam possíveis casos entre humanos em contato direto com animais infectados, isso indica que o risco atual para o público permanece baixo”, aponta o comunicado da agência. 

Os sintomas de pessoas com a gripe H5N1 variam de leves, como infecção ocular e sintomas respiratórios, a graves, como pneumonia e morte. O Texas emitiu um alerta de saúde pedindo aos cuidadores das explorações leiteiras afetadas que fiquem atentos a possíveis casos humanos. 

*Estagiária sob supervisão de Ronayre Nunes

 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação