CASO LÁZARO

Bolsonaro chama Lázaro de "marginal" e manda mensagem de apoio a policiais

Presidente gravou vídeo para incentivar policiais que estão atrás de serial killer foragido no Entorno do Distrito Federal. "Brevemente, o Lázaro estará, no mínimo, atrás das grades"

Augusto Fernandes
postado em 19/06/2021 17:01 / atualizado em 19/06/2021 17:03
 (crédito: Reprodução/Redes Sociais)
(crédito: Reprodução/Redes Sociais)

O presidente Jair Bolsonaro divulgou um vídeo nas suas redes sociais com palavras de apoio aos policiais que estão em busca de Lázaro Barbosa, 32 anos, procurado há quase duas semanas no Entorno do Distrito Federal.

Ele é tido como o responsável pelo assassinato de quatro pessoas no Incra 9, em Ceilândia, no dia 9 de junho, e suspeito de cometer outros crimes desde que passou a se esconder da polícia nas cidades goianas de Cocalzinho e Águas Lindas de Goiás.

Na mensagem, divulgada neste sábado (19/6), Bolsonaro encorajou os profissionais de segurança que estão atrás do criminoso. Ele também se referiu a Lázaro como "marginal" e "bandido".

"Aos policiais que estão na captura do marginal Lázaro, que tem levado terror ao entorno de Brasília, nós sabemos que esse bandido tem uma certa prática de andar na mata sem deixar vestígios, mas sabemos também que nossos policiais, além da coragem, são tenazes e não descansarão enquanto não cumprir essa missão", afirmou o presidente.

Ele ainda desejou boa sorte às corporações que atuam no caso. "Tenho certeza que, brevemente, o Lázaro estará, no mínimo, atrás das grades. Um grande abraço", completou Bolsonaro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE