COVID-19

Pela 2ª vez, Governo de SP multa Bolsonaro e mais 15 por não usarem máscaras

Em nota, assessoria do governador João Doria informou que chefe do Executivo e sua comitiva foram penalizados com multa de R$ 552,71 cada por descumprimento da legislação que determina o uso da proteção facial em espaços públicos

Ingrid Soares
postado em 25/06/2021 18:03 / atualizado em 25/06/2021 18:05
 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press                )
(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press )

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou nesta sexta-feira (25/6) em Sorocaba, interior de São Paulo. Sem  o uso devido de máscara, o mandatário e a comitiva que o acompanhava foi novamente multada. Em nota, a assessoria do governador João Doria informou que além do chefe do Executivo, 15 autoridades foram penalizadas com multa de R$ 552,71 cada por descumprimento da legislação que determina o uso da proteção facial em espaços públicos.

Esta é a segunda autuação do mês, pelo mesmo motivo, que Bolsonaro recebe da Vigilância Sanitária estadual. A primeira ocorreu no dia 12 de junho, após motociata na capital.

Entre as autoridades federais autuadas estão os ministros da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes; das Comunicações, Fábio Faria; e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina. Além do senador Luis Carlos Heinze e dos deputados federais Eduardo Bolsonaro, Carla Zambelli, Caroline De Toni e Guilherme Muraro Derrite; o diretor presidente do Ceagesp, Ricardo Mello Araújo, também integrava o grupo.

Da esfera estadual, participavam do evento sem o uso de máscaras os deputados Gil Diniz, Frederico D’Ávila, Danilo Balas. Já no âmbito do município de Sorocaba, os infratores incluem o secretário Municipal de Saúde de Sorocaba, Vinicius Rodrigues, e o vereador sorocabano Vinicius Aith. Outro vereador autuado foi Paulo Eduardo Lopes, conhecido como “Paulo Chuchu”, de São Bernardo do Campo.

Segundo a pasta, os autos serão enviados via Correios para cada um e descrevem as normas previstas na lei, citando a necessidade da manutenção das medidas preventivas já conhecidas e preconizadas pelas autoridades sanitárias nacionais e internacionais, como uso de máscara e distanciamento social.

Balanço

A Vigilância Sanitária Estadual realizou, de 1º de julho de 2020 a 14 de junho de 2021, 328.123 inspeções e 7.886 autuações por diversas infrações às normas de prevenção da covid-19.

Vaquinha

Mesmo com salários de mais de R$ 33 mil, Os deputados Carla Zambelli (PSL-SP), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Hélio Lopes (PSL-RJ) lançaram uma vaquinha on-line para pagar multas aplicadas pelo governo de São Paulo pelo não uso de máscara na motociata em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, em 22 de junho. Em apenas um dia de campanha, a meta foi arrecadada, e, então, dobrada para R$ 100 mil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE