EMBAIXADA DE PORTUGAL

Bolsonaro sobre Carreiro na embaixada portuguesa: "Torci para ser reprovado"

Presidente falou da amizade entre ele e ministro do TCU e destacou que o governo "nunca teve qualquer problema" com o magistrado enquanto ele esteve à frente da Corte: "Muito pelo contrário, sempre foi solução"

Ingrid Soares
postado em 07/12/2021 17:58
 (crédito: Evaristo Sá/AFP)
(crédito: Evaristo Sá/AFP)

O presidente Jair Bolsonaro comentou nesta terça-feira (7/12) a aprovação do nome de Raimundo Carreiro como embaixador de Portugal. O chefe do Executivo falou da amizade entre ambos e brincou ter torcido por sua reprovação como indicado. "Não queria te perder", disse ao ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). A declaração ocorreu durante evento do 5G, no Palácio do Planalto.

"Quero cumprimentar o Raimundo Carreiro, nosso embaixador de Portugal. É um homem
que conheci há muito tempo. Cheguei na Câmara em 1991 e ele sempre foi um pessoa fantástica no tratamento com o próximo, não interessa se era deputado, senador, servidor, civil. Quando passava por ele tinha o seu problema resolvido."

Bolsonaro destacou ainda que seu governo "nunca teve qualquer problema" com o ministro enquanto ele esteve à frente da Corte.

"Uma pessoa fantástica enquanto esteve à frente do TCU. Nunca o nosso governo teve qualquer problema com Raimundo Carreiro. Muito pelo contrário, sempre foi solução. E, com muita dor no coração, via Ministério das Relações Exteriores, enviamos o agreement. Teve o retorno e, com dor no coração, encaminhei seu nome para o Senado. Eu confesso, torci para ser reprovado, Carreiro. Torci, porque não queria te perder. Mas, se Deus quiser, não só eu mas como todos aqueles que porventura passarem por Portugal, mais que um amigo, vão ter um irmão lá na nossa embaixada. Parabéns, Deus te acompanhe", concluiu.

Carreiro obteve 65 votos favoráveis, cinco votos contrários e uma abstenção durante votação no Senado ocorrida no último dia 30. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE