Justiça

Capitão Assunção, pré-candidato do PL a prefeito de Vitória, é preso por ordem do STF

O deputado estadual teria descumprido medidas cautelares impostas em razão de investigação sobre atos antidemocráticos

O deputado estadual Capitão Assumção (PL-ES) é pré-candidato a prefeito de Vitória -  (crédito: Lucas S. Costa/ Assembleia Legislativa)
O deputado estadual Capitão Assumção (PL-ES) é pré-candidato a prefeito de Vitória - (crédito: Lucas S. Costa/ Assembleia Legislativa)
postado em 29/02/2024 00:40 / atualizado em 29/02/2024 10:36

O deputado estadual Capitão Assumção (PL-ES), pré-candidato a prefeito de Vitória, foi preso na noite desta quarta-feira (28/2), por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF). O mandado foi expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, de acordo com fontes consultadas pelo Correio.

O parlamentar é investigado no inquérito que apura atos antidemocráticos. O deputado estava cumprindo medidas cautelares diversas à prisão, determinadas pelo magistrado, como o uso de tornozeleira eletrônica e restrições na circulação.

De acordo com pessoas próximas ao militar, ele foi detido sob o argumento de descumprimento de medidas cautelares. No entanto, a defesa ainda não foi informada dos detalhes da detenção. O deputado foi ouvido na Superintendência da corporação no Espírito Santo.

A assessoria de Assumção informou que ele foi preso na rua, enquanto passeava com os cachorros. 

 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação