Publicidade

Correio Braziliense

Carretas batem na BR-060, pegam fogo e um motorista morre carbonizado

Acidente aconteceu às 2h desta terça-feira (19/2), no KM 8, próximo a Samambaia


postado em 19/02/2019 07:35 / atualizado em 19/02/2019 20:13

Motorista que faleceu ainda não foi identificado(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Motorista que faleceu ainda não foi identificado (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Um motorista morreu após duas carretas colidirem na BR-060. A vítima, que ainda não foi identificada, ficou presa às ferragens e acabou carbonizada com o incêndio provocado pelo acidente. O outro envolvido, de 45 anos, nada sofreu. O caso aconteceu na madrugada desta terça-feira (19/2), às 2h.



A perícia da Polícia Civil vai determinar a dinâmica do acidente. O Corpo de Bombeiros relatou, preliminarmente, que a Carreta Volvo, de cor prata, estava parada na pista da direita com problemas mecânicos e foi atingida na traseira pela Carreta VW, de cor branca, onde estava o motorista que não resistiu. 

O veículo da frente levava um carregamento de areia, enquanto o que bateu por trás estava com mercadorias diversas. O trânsito foi totalmente fechado para o combate ao incêndio, mas foi parcialmente liberado às 6h30. Segundo a Polícia Militar, o desvio proposto fica no KM 10 da BR-060, no acesso pela DF-180 em direção à cidade do Gama.

Ver galeria . 14 Fotos Colisão de duas carretas na BR-060Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
Colisão de duas carretas na BR-060 (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press )


Trânsito 

Horas depois do acidente, um engarrafamento de cerca de 2km se formou na via, com o bloqueio das duas faixas, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Pela manhã, com a liberação de uma faixa, o trânsito fluiu bem. Só houve lentidão novamente por volta das 9h, quando um pequeno trator fechou a pista para retirar os produtos que caíram da carga do caminhão.

Acidentes com morte

A semana vem sendo marcada por acidentes de trânsito com óbitos. O primeiro deles aconteceu na BR-020, no último domingo (17/2). Um ônibus que levava 22 garis de uma empresa do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) tombou na pista molhada deixando feridos graves e uma pessoa morta, Crisangela da Cruz Silva, 41, que chegou a ser socorrida, mas morreu em cirurgia no mesmo dia.
 
Também no domingo, um ciclista foi atropelado no Recanto das Emas e faleceu. Luiz Deo de Castro, 60, estava empurrando a bicicleta quando foi atingido por um motorista alcoolizado na DF-001.  
 
Um dia depois, um homem de 50 anos, não identificado, não resistiu após ser atropelado por um ônibus em Samambaia. O caso aconteceu na noite de segunda-feira (18/2), às 22h, em frente ao Mercado Tatico. Segundo testemunhas, ele era um morador de rua da região. 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade