Bahia

Homem filmado agredindo mulher na rua, em Ilhéus, é preso

Carlos Samuel Freitas era considerado foragido da justiça desde a semana passada, quando foi aceito um pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público do estado

Correio Braziliense
postado em 22/10/2020 14:01
Filmado em local público dando socos em uma mulher, representante de vendas já enfrentava outras denúncias por violência doméstica -  (crédito: Reprodução/Twitter)
Filmado em local público dando socos em uma mulher, representante de vendas já enfrentava outras denúncias por violência doméstica - (crédito: Reprodução/Twitter)

Carlos Samuel Freitas, flagrado agredindo uma mulher no meio da rua em Ilhéus, no Sul da Bahia, se apresentou a polícia e foi preso na última quarta-feira (21/10). Ele chegou à delegacia com três advogados, passou por exame de corpo de delito e foi transferido para o presídio da cidade.

Ele era considerado foragido há cinco dias, quando o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) aceitou pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público do estado. Na petição, o MP ressaltou que o representante de vendas é reincidente e que a “conduta concreta”, as agressões filmadas, foi grave.

Logo depois que o vídeo veio a público, Carlos Samuel prestou depoimento à polícia, mas, à época, foi liberado. Em nota divulgada pelo próprio agressor, ele se defende dizendo que tinha uma “relação muito conturbada” com a vítima e que “perdeu a cabeça” por estar bêbado e voltando de uma festa.

Agora, o caso deve ir a julgamento, junto com outros três inquéritos contra ele que já foram finalizados e estão aguardando decisão judicial. Outras sete denúncias existentes contra Carlos Samuel não tiveram desfecho porque as vítimas desistiram de seguir com os processos. No caso atual, o próximo passo é uma audiência de custódia, ainda sem data para ocorrer.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação