CAOS NA SAÚDE

Governo da Venezuela anuncia que ajudará Manaus com oxigênio

Fornecedora de oxigênio no Amazonas afirmou que importará o insumo do país vizinho

Thays Martins
postado em 14/01/2021 22:10 / atualizado em 14/01/2021 22:11
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press)

Após a principal empresa fornecedora de oxigênio para Manaus, White Martins, dizer que vai importar oxigênio da Venezuela para a cidade brasileira, o governo do país vizinho se manifestou e disse que irá ajudar com o insumo. Nesta quinta-feira (14/1), o chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, usou as redes sociais para afirmar que conversou com o governador Wilson Lima (PSC) e colocou à disposição o oxigênio necessário para ajudar o estado. 

"Por instruções do presidente Nicolás Maduro, conversamos com o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, para colocar imediatamente à sua disposição o oxigênio necessário para atender a contingência sanitária em Manaus. Solidariedade latino-americana antes de tudo", escreveu Arreaza.

 

O estado enfrenta um caos na saúde pública com o aumento dos casos de covid-19. Nesta quinta-feira, foi necessária a transferência de pacientes para outros estados devido à falta de oxigênio na unidade da Federação. Para conter o aumento dos casos da doença, o governo estadual decretou toque de recolher.

A White Martins informou que o consumo de oxigênio no Amazonas aumentou cinco vezes nos últimos 15 dias e que identificou estoques do insumo na Venezuela, por isso fará a importação de lá. 


 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE