Tragédia na Rodovia

Homem morre carbonizado após choque ao subir em poste na BR-040

Vítima tinha 45 anos e estaria mexendo em um transformador, quando foi atingida por uma forte descarga elétrica na manhã desta segunda-feira (27/9)

Bruno Luis Barros - Especial para o EM
postado em 28/09/2021 16:40 / atualizado em 28/09/2021 16:40
Acidente aconteceu na altura do km 789, em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira -  (crédito:  Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Acidente aconteceu na altura do km 789, em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira - (crédito: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Um homem de 45 anos morreu eletrocutado após subir em um poste de alta tensão na BR-040, em Juiz de Fora, município da Zona da Mata mineira. O acidente ocorreu na manhã desta segunda-feira (27/9). Com o impacto da descarga de energia elétrica, a vítima teve o corpo parcialmente carbonizado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 9h e, quando chegou ao local, na altura do KM 789, encontrou o homem pendurado no poste por meio de uma corda.

Segundo informações repassadas à guarnição por uma testemunha, a vítima chegou a realizar uma ancoragem para sua segurança. O homem, ainda conforme o relato recebido pelos militares, estaria mexendo em um transformador, quando foi atingindo por uma forte descarga elétrica. A intenção dele, no entanto, não ficou esclarecida.

Com o apoio da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), a energia da rede foi desligada e o corpo retirado do local.

“A Cemig informa que uma equipe da empresa esteve no local para desligar a rede elétrica e garantir a segurança do Corpo de Bombeiros para fazer o resgate da vítima. Importante destacar que apenas técnicos da companhia têm autorização para utilizar ou fazer manutenção nos equipamentos da rede elétrica”, destacou a companhia em nota encaminhada ao Estado de Minas .

Por fim, o serviço funerário também foi acionado e o corpo da vítima encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE