Feminicídio

Covardia: homem invade casa, mata a ex e o filho dela; e se mata no Rio

Família almoçava quando homem invadiu a casa atirando contra os presentes; outro filho da mulher também ficou ferido

Thays Martins
postado em 03/11/2021 14:21 / atualizado em 03/11/2021 14:22
 (crédito: redes sociais/ reprodução )
(crédito: redes sociais/ reprodução )

Três pessoas terminaram mortas, nesta terça-feira (2/11), depois que um homem, inconformando com o término do relacionamento, invadiu a casa da ex-namorada e disparou com uma arma de fogo contra ela e os dois filhos dela. O caso aconteceu em Barros Filho, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Geilza da Silva Alves, de 41 anos, morreu na hora. O homem que fez os disparos, Carlos Henrique dos Santos Baptista, se matou logo após efetuar os tiros, segundo investigação da Polícia Civil.

Os dois filhos de Geilza também foram baleados. Alan Alves de Azevedo, de 27 anos, não resistiu aos ferimentos. O irmão dele, Marcos Vinicius, 23 anos, conseguiu fugir pela janela no momento dos disparos. Ele levou dois tiros na perna e se recupera. 

Pelas redes sociais, ele disse que está bem e confirmou que quem fez os disparos que atingiu a família foi o ex-namorado da mãe. "Estou gravando este vídeo só para dizer que estou bem. Foram só uns pontos na cabeça e um machucadinho de leve e dois tiros na perna. Mas fui bem atendido nos dois hospitais que passei. Só para complementar... Tem saído algumas mentiras. Não foi meu pai que ocasionou isto. Foi o Carlos, ex- namorado da minha mãe", disse.

De acordo com a Polícia Civil, a perícia foi realizada no local e testemunhas estão sendo ouvidas para esclarecer o caso.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE