Zé de Cila

Zé de Cila, o paraibano contador de histórias, falece aos 76 anos

Com participações em filmes como o 'O Auto da Compadecida', Zé de Cila era famoso em Cabaceiras por ser o "encantador de viúvas"

Correio Braziliense
postado em 21/06/2022 00:24
Zé de Cila -  (crédito: Reprodução/Prefeitura de Cabaceiras (23/11/2021)/Facebook)
Zé de Cila - (crédito: Reprodução/Prefeitura de Cabaceiras (23/11/2021)/Facebook)

Filho de Cila, mãe que deu origem ao homem e a referência do nome, Zé faleceu no último domingo (19/6), após ficar internado por oito dias devido a insuficiências renais e cardíacas. Nascido na Paraíba, ele era famoso na cidade natal, Cabaceiras, e também a nível nacional, pela participação no filme 'O Auto da Compadecida'.

Os cidadãos de Cabaceiras e a própria prefeitura lamentaram a morte nas redes sociais, reiterando o amor pelo homem e pelo personagem que ele representava para o município. 

 

Na cidade onde nasceu e viveu, ele era famoso por contar história, o que o levava a ser comparado com o personagem Chicó, de 'O Auto da Compadecida'. A bodega dele era frequentemente visitada por turistas que queriam fotos com ele. Zé se fantasiava de Padre João, personagem do filme brasileiro em que ele atuou como dublê de Rogério Cardoso.

Zé de Cila também era conhecido como "encantador de viúvas na cidade", pois mesmo sem ser de propósito, como ele dizia, sempre acabava se relacionando com uma. Zé chegou até mesmo a ser citado em uma questão da prova do Enem de 2021. “Me senti muito feliz. Essa notícia foi uma das melhores da minha vida”, disse em entrevista ao portal G1 na época.

A data e horário do enterro e velório ainda não foram divulgados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE