Carnaval

Carnaval Rio 2024: confira como foi a 1ª noite de desfile do Grupo Especial

Seis escolas desfilaram na noite desde domingo na Sapucaí

Integrante da escola de samba Unidos da Tijuca se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucai -  (crédito: MAURO PIMENTEL / AFP)
Integrante da escola de samba Unidos da Tijuca se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucai - (crédito: MAURO PIMENTEL / AFP)
postado em 12/02/2024 10:13 / atualizado em 12/02/2024 10:40

Seis escolas estrearam os desfiles do Grupo Especial no carnaval do Rio de Janeiro na noite deste domingo (11/2). Todas as escolas, Porto da Pedra, Beija-Flor, Salgueiro, Grande Rio, Unidos da Tijuca e Imperatriz Leopoldinense, conseguiram cumprir o tempo determinado. Cerca de 100 mil pessoas acompanharam o tradicional desfile, na Marquês de Sapucaí, sambódromo que completa quatro décadas neste ano.

Confira como foram os desfiles 

Porto da Pedra

A escola voltou ao Grupo Especial após 12 anos e estreou com erros. O último carro teve problemas ao entrar e chegou a bater em uma grade de proteção. O enredo escolhido pela escola foi sobre a influência do livro da Idade Média Lunário Perpétuo na cultura nordestina. O primeiro carro da escola tinha uma estrutura de 22 metros com uma escultura de um tigre gigante. A comissão de frente ainda contou com hologramas e uma bailarina pendurada pelos cabelos. 

Integrantes da escola de samba Porto da Pedra se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí
Integrantes da escola de samba Porto da Pedra se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí (foto: MAURO PIMENTEL / AFP))

Beija-Flor

A Beija-Flor fez um desfile em homenagem a Maceió e e Rás Gonguila. A escola, que ficou em quarto lugar no ano passado, fez as luzes do sambódromo piscarem em sintonia com o samba.

 Integrante da escola de samba Beija-Flor se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí
Integrante da escola de samba Beija-Flor se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí (foto: AFP)

Salgueiro

A Salgueiro emocionou com um enredo sobre o povo Yanomami. A comissão de frente trazia uma encenação sobre o massacre indígena devido ao garimpo.

 Integrante da escola de samba Salgueiro se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval, no Sambódromo da Marques de Sapucaí
Integrante da escola de samba Salgueiro se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval, no Sambódromo da Marques de Sapucaí (foto: MAURO PIMENTEL / AFP)

Grande Rio

A Grande Rio levou o enredo Meu destino é ser onça, baseado no mito tupinambá, para a avenida. Em certo momento, a rainha de bateria Paolla Oliveira virava onça por um recurso em sua fantasia. Também se destacou o uso de pulseiras LEDs dadas para a plateia. A escola ainda teve problema com um dos carros que precisou ser empurrado.

Integrantes da escola de samba Grande Rio se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí
Integrantes da escola de samba Grande Rio se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí (foto: Mauro Pimentel/ AFP)

Unidos da Tijuca

A escola levou o enredo O Conto de Fados para falar sobre as lendas de Portugal. O samba foi inspirado em obras como Os Lusíadas e Ilíada. Um dos homenageados também foi o escritor José Saramago.

Integrante da escola de samba Unidos da Tijuca se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucai
Integrante da escola de samba Unidos da Tijuca se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucai (foto: MAURO PIMENTEL / AFP)

Imperatriz Leopoldinense

A última a desfilar, atual campeã do Rio, a Imperatriz Leopoldinense homenageou o poeta paraibano Leandro Gomes de Barros. Em um dos momentos uma bailarina foi levantada a cerca de 10 metros do chão.

Integrantes da escola de samba Imperatriz Leopoldinense se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo Marques de Sapucai
Integrantes da escola de samba Imperatriz Leopoldinense se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo Marques de Sapucai (foto: Mauro Pimentel/ AFP)

 

  • 
Integrante da escola de samba Salgueiro se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval, no Sambódromo da Marques de Sapucaí
    Integrante da escola de samba Salgueiro se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval, no Sambódromo da Marques de Sapucaí Foto: MAURO PIMENTEL / AFP
  • 
Integrante da escola de samba Beija-Flor se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí
    Integrante da escola de samba Beija-Flor se apresenta na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí Foto: AFP
  • Integrantes da escola de samba Porto da Pedra se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí
    Integrantes da escola de samba Porto da Pedra se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí Foto: MAURO PIMENTEL / AFP)
  • Integrantes da escola de samba Imperatriz Leopoldinense se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo Marques de Sapucai
    Integrantes da escola de samba Imperatriz Leopoldinense se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo Marques de Sapucai Foto: Mauro Pimentel/ AFP
  • Integrantes da escola de samba Grande Rio se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí
    Integrantes da escola de samba Grande Rio se apresentam na primeira noite do desfile de Carnaval no Sambódromo da Marques de Sapucaí Foto: Mauro Pimentel/ AFP
Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação