ACIDENTE

Amigos fazem vaquinha para arcar com enterro de jovem que se afogou na Chapada

Matheus Lopes morreu afogado nesse sábado (11/5) em uma cachoeira da Chapada dos Veadeiros, interior do Goiás

Matheus era natural do Espírito Santo, mas morava em Brasília para realizar o doutorado em biologia. O jovem fazia uma pesquisa na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em Brasília -  (crédito: Material cedido ao Correio)
Matheus era natural do Espírito Santo, mas morava em Brasília para realizar o doutorado em biologia. O jovem fazia uma pesquisa na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), em Brasília - (crédito: Material cedido ao Correio)

Amigos de Matheus Lopes criaram uma arrecadação coletiva (conhecida como "vaquinha") neste domingo (12/5) para ajudar a custear os gastos referente a todo o processo de enterro do jovem de 29 anos que morreu afogado nesse sábado (11/5), em uma cachoeira da Chapada dos Veadeiros, interior do Goiás. Matheus era natural do Espírito Santo, mas morava em Brasília para realizar o doutorado em biologia. O jovem fazia uma pesquisa na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), na capital. 

O funcionário público Leonardo Matos, 39 anos, amigo de Matheus, falou ao Correio sobre a dor neste momento de perda. "Ele (Matheus) era um menino super divertido. Uma mistura de extrovertido e também tímido, carinhoso e afetuoso. Ele conseguiu despertar a amizade, o carinho e o respeito de todos ao seu redor. Profissional e muito comprometido com a pesquisa. A partida dele foi muito sentida", lamentou.

Segundo Matos, os custos envolvidos no enterro de Matheus serão altos, por isso, os amigos decidiram buscar ajuda com a vaquinha. "Ele morava sozinho em uma república na Asa Norte e a família é muito humilde, mora no interior do Espírito Santo. Nós nos organizamos porque tem muitos custos. O corpo foi para Formosa (GO), fizemos o traslado, vamos fazer o transporte da família. O corpo será enterrado com o pai dele e a irmã, em um cemitério em Minas Gerais".

Quem quiser ajuda pode fazer a contribuição na vaquinha por este link.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

postado em 12/05/2024 22:41
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação