tragédia climática no sul

Bebê gêmea que caiu de barco em resgate no RS é achada morta

Agnes era prematura e tinha desaparecido após o bote em que a família estava virar durante o resgate no bairro Harmonia, em Canoas

A bebê Agnes da Silva Vicente (que sorri na foto) tinha sete meses -  (crédito: Reprodução/Instagram/@gabrielli.silvaa.5)
A bebê Agnes da Silva Vicente (que sorri na foto) tinha sete meses - (crédito: Reprodução/Instagram/@gabrielli.silvaa.5)

A bebê Agnes da Silva Vicente, de sete meses, foi encontrada morta em Canoas, Rio Grande do Sul, após ficar desaparecida desde 4 de maio. A informação foi confirmada pela mãe da criança, Gabrielli Vicente, de 24 anos, no domingo (12/5). "Agora eu não tenho uma palavra que possa descrever a minha dor, porque como vou viver faltando uma peça no meu quebra-cabeça?!", disse a mãe. A bebê era chamada pelos pais de "miss simpatia".

Agnes tinha desaparecido após o bote em que a família estava virar durante o resgate no bairro Harmonia, um dos afetados pela enchente no Rio Grande do Sul. Segundo Gabrielli, ela e os filhos caíram na água quando o bote virou. A outra das gêmeas foi resgatada, desacordada e está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

A post shared by Gabrielli Vicente (@gabrielli.silvaa.5)

"Como vou continuar caminhando sem me culpar por tudo? Sei que ninguém teve culpa! Ninguém! Muito menos as pessoas que se disponibilizaram em nos salvar, a todos que estavam dando a vida para nos salvar toda minha gratidão. Vocês são meus heróis", afirmou a mãe da bebê.

"Mamãe vai criar uma Ong em seu nome e todos irão conhecer você e sua história linda, que luta desde a barriga, mesmo nascendo prematura lutou bravamente. Você foi a criança mais guerreira que conheci em toda minha vida", acrescentou Gabrielli.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

postado em 13/05/2024 14:00
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação