Governo

Ministério lança campanha de combate ao abuso sexual infanto-juvenil

Ação do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) tem como objetivo sensibilizar a sociedade brasileira para o enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes

A iniciativa tem como mote
A iniciativa tem como mote "quebre o ciclo da violência" - (crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Com a ação "18M: Campanha de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescente", o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC) realizará uma cerimônia alusiva ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, que ocorre na próxima quinta-feira (16/5).

A iniciativa tem como mote "quebre o ciclo da violência", com o objetivo sensibilizar a sociedade brasileira para o enfrentamento à violência sexual contra o público infanto-juvenil.

“O conceito da campanha traz a ideia de que quebrar o ciclo da violência significa convocar a sociedade a ouvir, ter empatia e cuidado com as crianças e adolescentes. Todos são responsáveis por assegurar que crianças e adolescentes sejam tratados com respeito e como sujeitos de direitos,” ressalta a secretária-executiva do MDHC, Rita Oliveira

Uma das principais inciativas da Campanha é o “Faça Bonito: Proteja nossas Crianças e Adolescentes", mobilização que recomenda o uso de flor amarelo e laranja como símbolo do enfrentamento do abuso e da exploração sexual.

A solenidade da Campanha ocorrerá no dia 16 de maio, na sede do MDHC, na Esplanada dos Ministérios, a partir das 10h. Ela foi realizada por meio da Comissão Intersetorial de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, e em conjunto com a Rede Ecpat Brasil, o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência contra Crianças e Adolescentes e o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).

Como parte da Campanha, o Congresso Nacional realizou uma sessão solene nesta terça-feira (14/5) para entregar o Prêmio Neide Castanha, destinado a homenagear instituições ou pessoas que se destacaram na defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes, em especial dos direitos sexuais e o enfrentamento ao abuso e à exploração sexual.

Além disso, a Câmara dos Deputados será palco no Seminário nacional “Atenção e Atendimento Integral às Crianças, Adolescentes e suas Famílias em Situação de Violência Sexual” entre os dias 14 e 15 de maio, dando continuidade aos eventos.

Já na sexta-feira (17), adolescentes e especialistas previamente convidados participarão de roda de conversa sobre a prevenção e o enfrentamento à violência sexual, no Auditório da Controladoria-Geral da União (CGU).

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

postado em 14/05/2024 18:57
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação