Liberada

Mãe que abandonou recém-nascida em Sobradinho é solta

Jovem de 22 anos havia sido presa no último sábado (12/9), dois dias depois do abandono da bebê, mas teve liberação da Justiça na audiência de custódia

Correio Braziliense
postado em 14/09/2020 12:48
 (crédito: Maurenilson Freire/CB/D.A Press)
(crédito: Maurenilson Freire/CB/D.A Press)

A mãe que abandonou uma recém-nascida em Sobradinho saiu da prisão após audiência de custódia. O caso aconteceu na última quinta-feira (10/9), quando a jovem de 22 anos deixou a bebê de quatro dias de vida no terreno de um orfanato. Ela foi identificada e presa no sábado, mas acabou liberada pela Justiça no domingo.

No entendimento da juíza da Vara Criminal de Sobradinho, a prisão em flagrante seguiu os parâmetros da legislação, mas não havia pressuposto para manter a jovem encarcerada, pois ela não tem antecedentes criminais e cometeu um crime sem emprego de violência ou grave ameaça.

A criança foi abrigada pelos funcionários do orfanato no dia do abandono, levada ao Hospital Regional de Sobradinho para exames e encaminhada aos conselheiros tutelares da região, em seguida.

A avó materna da criança procurou a 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 1), na qual foi registrada ocorrência para manifestar interesse na guarda da bebê. “A mãe da autora disse, inclusive, ter sido ludibriada. Para ela, a filha afirmava estar com um cisto. A avó se disse surpresa, disse que a família é humilde, mas que a neta seria recebida com muito amor e carinho e, caso a filha não a queira, como já demonstrou, ela, avó, deseja obter a guarda”, afirmou o delegado-chefe da 13ª DP, Hudson Maldonado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação