Sistema penitenciário

Cinco presos que fugiram da Papuda prestam depoimento à Polícia Civil

Onze dos 17 foragidos foram capturados e encaminhados novamente para a Papuda. Os demais detentos recuperados prestarão depoimento nesta sexta-feira (16/10)

Sarah Peres
postado em 15/10/2020 22:00 / atualizado em 15/10/2020 22:06
 (crédito: Reprodução)
(crédito: Reprodução)

Cinco detentos que participaram da fuga no Complexo Penitenciário da Papuda prestaram depoimento na 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião) nesta quinta-feira (15/10). Os outros seis recapturados serão ouvidos nesta sexta-feira (16). As buscas pelos demais foragidos, seis no total, continuam.

Na madrugada de quarta-feira (14), 17 internos da Ala C do Bloco 1 do Centro de Detenção Provisória (CDP) fugiram pelo teto do local. Câmeras de segurança filmaram o momento em que os detentos saem pelo telhado e descem com a ajuda de uma corda. A 30ª DP abriu um inquérito para apuração do caso, com base no artigo 351 do Código Penal Brasileiro, que trata quanto a promover ou facilitar a fuga de presos.

Depois da identificação da fuga dos encarcerados, a unidade policial solicitou perícia no presídio, por meio do Instituto de Criminalística (IC). O laudo deve ficar pronto no prazo máximo de 30 dias.

Captura de presos

A Polícia Civil foi responsável pela captura de cinco dos 11 detentos recapturados na quarta-feira. Os internos foram encontrados no Morro da Cruz, pela tarde.

Por meio de nota oficial, a corporação informou que os encarcerados "encaminhado para exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal, e entregues a uma equipe de agentes de atividades penitenciárias".

  • Entrada do Centro Penitenciário da Papuda vazia após a pandemia do novo Coronavirus. As visitas aos presos foram proibida.
    Entrada do Centro Penitenciário da Papuda vazia após a pandemia do novo Coronavirus. As visitas aos presos foram proibida. Foto: Arquivo Pessoal
  • Complexo Penitenciário da Papuda
    Complexo Penitenciário da Papuda Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
  • Coronavírus infecta 780 presos e 362 profissionais de segurança no DF
    Coronavírus infecta 780 presos e 362 profissionais de segurança no DF Foto: Wilson Dias
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação