PANDEMIA

Ano-novo no DF: aglomeração em réveillon chique e prisão em festa clandestina

Operação para evitar descumprimento das normas de contenção da pandemia termina com um detido e diversos estabelecimentos multados e interditados

Darcianne Diogo
postado em 01/01/2021 22:03 / atualizado em 02/01/2021 00:02
No Café de La Musique, houve aglomeração e pessoas sem máscara -  (crédito: Material cedido ao Correio)
No Café de La Musique, houve aglomeração e pessoas sem máscara - (crédito: Material cedido ao Correio)

O ano-novo no Distrito Federal foi marcado por festas clandestinas e descumprimento das regras de segurança por vários estabelecimentos que tinham autorização para funcionar, mostra balanço da Operação Réveillon, realizada pela Secretaria DF Legal, polícias Civil e Militar e o Departamento de Trânsito (Detran-DF), entre a noite de quinta-feira (31/12) e a manhã desta sexta-feira (1º/1).

Imagens obtidas pelo Correio mostram o desrespeito às regras ocorrida em um dos estabelecimentos autuados na operação, o Café de La Musique, localizado no Setor Esportivos de Clube Sul. É possível ver aglomeração de pessoas no espaço, a maioria sem máscara. Segundo foi descrito nas redes sociais do estabelecimento, o evento começou às 22h de quinta-feira, com data de encerramento às 6h desta sexta-feira. Ainda de acordo com as informações na página da empresa, as mesas, de quatro, seis ou oito lugares, eram limitadas e numeradas, com preços que iam de R$ 4 mil e R$ 8 mil.

Há, ainda, um informe em relação à covid-19: “Lembrando que estamos monitorando a situação da covid-19 no país e no Distrito Federal e realizaremos o evento seguindo todos os protocolos estabelecidos para o período." Normas essas que, segundo as imagens e os relatos dos fiscais da DF Legal, não foram cumpridas.

O estabelecimento acabou sendo multado em mais de R$ 28 mil e o proprietário e o gerente do local podem ser acionados penalmente por descumprirem uma ordem de interdição do local. Procurada, a empresa se manifestou por meio de nota: "A assessoria de imprensa do Café de La Musique Brasília esclarece que uma equipe do DF Legal notificou a casa na noite de Réveillon. Todas as medidas jurídicas para esclarecer os fatos já estão sendo tomadas. O Café de La Musique Brasília reforça que se mantém constantemente preocupado com a segurança e a saúde de todos os clientes adotando medidas de higienização e conscientização, e segue à disposição para quaisquer novos esclarecimentos".

Festa clandestina

A Operação Réveillon vistoriou 218 estabelecimentos, abordando diretamente 35 deles abordados. No fim, sete foram fechados por desobedecerem as normas sanitárias, seis acabaram interditados, seis receberam multas e um foi notificado. No total, cinco equipes se dividiram em cinco áreas do DF para realizar a ação, que também flagrou festas clandestinas, realizadas em locais sem autorização.

Em um desses eventos, na QNL 22 de Taguatinga, houve confronto entre frequentadores insatisfeitos com a abordagem e policiais militares. O caso aconteceu por volta das 4h30, após a PMDF ser acionada, inicialmente, para atender uma ocorrência de perturbação do sossego — previsto no artigo 42 da Lei de Contravenções Penais com pena de 15 dias a três meses de prisão ou multa.

Ao chegar ao local, os policiais se depararam com uma festa com mais de 80 frequentadores, a maioria sem utilizar máscaras de proteção facial. Segundo informações da corporação, no momento em que a equipe pediu para que o som fosse abaixado, um homem invadiu a viatura e arrancou o rádio.

Mesmo com voz de prisão, o rapaz resistiu e quebrou o vidro veículo. Ainda de acordo com a PMDF, várias pessoas partiram para cima dos PMs para tentar “resgatar” o suspeito. Um sargento teve a mão lesionada, mas passa bem. A situação, no entanto, foi contornada com a chegada de outras viaturas e o homem foi conduzido à 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte).

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE