VIOLÊNCIA

Subtenente da PM é baleado e morto por criminosos em São Sebastião

De acordo com a Polícia Militar, o subtenente Leonal Saraiva dava carona para um empregado dele, por volta das 16h30, quando os dois foram abordados por homens armados, que atiraram contra a vítima

Darcianne Diogo
postado em 26/01/2021 18:00 / atualizado em 26/01/2021 21:18
Subtenente Leonal Saraiva chegou a ir para a UPA de São Sebastião, mas não resistiu aos ferimentos -  (crédito: Material cedido ao Correio)
Subtenente Leonal Saraiva chegou a ir para a UPA de São Sebastião, mas não resistiu aos ferimentos - (crédito: Material cedido ao Correio)

Um policial militar da reserva morreu, na tarde desta terça-feira (26/1), após ser baleado, na Quadra 205 de São Sebastião. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que o subtenente Leonel Martins Saraiva dava carona para funcionários da casa dele, por volta das 16h30, momento da abordagem.

Leonardo era dono de um restaurante gaúcho em São Sebastião, em frente a uma feira da região, e tinha costume de levar as funcionárias para casa após o expediente. O militar da reserva foi levado à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de São Sebastião, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso é investigado pela 30ª Delegacia de Polícia, na mesma região administrativa.

Vídeo obtido pela reportagem mostra o momento em que o PM da reserva é baleado. Nas imagens, o militar aparece em um Fiat Strada prata. O veículo está estacionado em uma rua, no Conjunto 3 da Quadra 205. Poucos segundos depois, dois homens aparecem, abordam o policial e o retiram do veículo à força. Duas mulheres que seriam funcionárias da vítima saem do automóvel correndo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE