CRIME

Suspeito de matar família troca tiros com a polícia em Cocalzinho

Lázaro Barbosa Sousa, 33 anos, é acusado de matar uma família em Ceilândia; suspeito também atirou em chacareiros na noite deste sábado (12/6) — três pessoas foram atingidas, mas não correm risco de morte

Darcianne Diogo
postado em 12/06/2021 21:17 / atualizado em 13/06/2021 00:05
Policiais montaram um ponto de bloqueio entre Águas Lindas de Goiás e Edilândia e farão buscas no matagal -  (crédito: Darcianne Diogo)
Policiais montaram um ponto de bloqueio entre Águas Lindas de Goiás e Edilândia e farão buscas no matagal - (crédito: Darcianne Diogo)

O suspeito de matar uma família em Ceilândia invadiu uma residência em Cocalzinho de Goiás, baleou três pessoas, roubou duas armas de fogo, munições e trocou tiros com a polícia, na noite deste sábado (12/6). Lázaro Barbosa Sousa, 33 anos, é acusado de matar os empresários Cláudio Vidal, 48, a mulher dele, Cleonice Marques, 43, e os dois filhos do casal, Gustavo Marques Vidal, 21, e Eduardo Marques Vidal, 15.

Três pessoas foram baleadas durante a troca de tiros e foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas ao hospital da região. As vítimas não correm risco de morte. Policiais montaram um ponto de bloqueio entre Águas Lindas de Goiás e Edilândia (GO) e farão buscas no matagal. A suspeita é de que homem esteja mantendo uma pessoa como refém, segundo informações preliminares repassadas pela polícia. 

Ao Correio, o major Wender Araújo, comandante do 17° Batalhão de Águas Lindas e Cocalzinho, afirmou que Lázaro passou o dia em uma casa próximo à Lagoa Samuel, em Cocalzinho. Policiais do DF e de Goiás passaram próximo ao endereço, quando ouviram tiros. "Ele entrou em uma casa, fez todos de reféns e roubou duas armas. O caseiro está desaparecido", afirmou.

O Correio conversou com uma das vítimas que foi baleada. O homem, identificado apenas como Thiago, estava em uma chácara com dois amigos, que são proprietários do local. Segundo ele, por volta das 19h, Lázaro invadiu a chácara e entrou atirando. “Ele roubou duas armas, pegou munição, e fugiu”.

A vítima informou algumas características físicas de Lázaro. “Ele é alto, magro, e está do mesmo jeito das fotos. Com barba”. Os outros dois baleados foram encaminhados ao hospital de Anápolis (GO) e estão em estado grave, segundo informou o homem. Thiago foi baleado na perna, compareceu ao Hospital Municipal Jair Paiva para os primeiros socorros e, depois, foi para o hospital de Anápolis.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE