CRIMES NO ENTORNO

Escondida em colchão, estelionatária procurada é presa em Planaltina de Goiás

Ela é considerada pela polícia como uma das maiores criminosas do ramo na localidade e responde a mais de 20 inquéritos no estado goiano e no DF

Correio Braziliense
postado em 24/06/2021 16:27
 (crédito: PCGO/Reprodução)
(crédito: PCGO/Reprodução)

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu, na quarta-feira (23/6), uma mulher considerada uma das maiores estelionatárias de Planaltina de Goiás. Com três mandados de prisão em aberto, Jullyana Fialho foi achada por policiais em uma casa da cidade do Entorno enquanto tentava se esconder das buscas dentro de um colchão.

De acordo com a PCGO, a mulher responde a mais de 20 inquéritos no Distrito Federal e em Goiás. Recentemente, as denúncias contra Jullyana se referem a um golpe com a utilização da operação bancária PIX. No ato de compra, ela mostrava um suposto comprovante de pagamento para os vendedores das lojas em que aplicava os golpes. Na verdade, a imagem se referia a uma checagem de dados e não à conclusão do envio do PIX.

O golpe foi denunciado por diversas lojas em Planaltina de Goiás (GO), Luziânia (GO), Cristalina (GO), Sobradinho, Vicente Pires, Lago Norte e Planaltina do Distrito Federal. Com três mandados de prisão em aberto, expedidos pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal, a mulher estava foragida até o momento.

Além dos crimes de estelionato, ela também é investigada por maus tratos contra os filhos, que foram encontrados em situação de risco; as crianças foram encaminhadas ao Conselho Tutelar da cidade goiana.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE