Curso

Projeto de capacitação para aprendizes surdos segue com inscrições abertas

O projeto deve seguir até novembro. Para se inscrever, é preciso ter entre 16 a 35 anos

Correio Braziliense
postado em 23/08/2021 16:13 / atualizado em 23/08/2021 16:14
Projeto capacita os participantes para a produção de biojoias -  (crédito: Secec)
Projeto capacita os participantes para a produção de biojoias - (crédito: Secec)

O projeto Alquimia, realizado pela designer de jóias Suzana Rodrigues e pelo ourives Celso Grecov, auxilia seus aprendizes na criação de ateliês de jóias e biojoias. Com apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Secec) por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), no valor estimado de R$ 119 mil, a ação gera oito empregos diretos e indiretos, e 16 vagas para inscrição de pessoas surdas com idade de 16 a 35 anos.

As aulas tiveram início no dia dois de agosto e acontecem no galpão da Associação Recreativa Cultural Unidos do Cruzeiro (ARUC), de segunda a sexta, com turmas no horário da manhã e da tarde. Os matriculados aprendem sobre pedras, metais preciosos e materiais orgânicos. O projeto, que é gratuito e segue até novembro, conta com a mediação da intérprete de libras Jéssica Emilly.

A formação é dividida em três etapas: conhecimento sobre matérias-primas da biojoia e da ourivesaria; no intermediário serão feitas fusões dos metais, ligas e construção de peças; ao final do curso o formando poderá vender suas peças em uma exposição que representará a cerimônia de encerramento do curso.

Para se inscrever, basta entrar em contato com Suzana Rodrigues pelo telefone (61) 98159-9941.

*Com informações da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE