Covid-19

Vacina: Saiba como será a aplicação do reforço para cada categoria da saúde

De acordo com circular da Secretaria de Saúde, todos os profissionais da saúde deverão apresentar, no momento da vacinação, um documento que comprove o vínculo como trabalhador da área

Samara Schwingel
postado em 05/10/2021 14:32 / atualizado em 05/10/2021 14:53
Trabalhador precisará apresentar documento que comprove o trabalho na área de saúde -  (crédito: Frederic J. Brown/AFP)
Trabalhador precisará apresentar documento que comprove o trabalho na área de saúde - (crédito: Frederic J. Brown/AFP)

Nesta quarta-feira (6/10), terá início a aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19 para os profissionais de saúde do Distrito Federal. O Correio teve acesso à circular nº79/2021 que detalha como será o atendimento para cada categoria. Segundo o documento, todos os profissionais deverão apresentar, no momento da aplicação, um documento que comprove o vínculo como trabalhador da área, além do carteira de vacinação. 

Serão aceitos crachás, contracheque, carteira de trabalho, declaração do empregador ou carteira do conselho profissional. O documento ressalta que "todos os que atuam na rede pública e privada que tomaram a segunda dose ou dose única até 31/3 poderão receber a dose de reforço." A pasta destaca que a vacina a ser aplicada será a da Pfizer/BioNTech. 

O documento detalha que os profissionais da rede privada serão vacinados em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) A lista com os locais abertos para aplicação será divulgada no site da secretaria. Quem atua em hospitais públicos será vacinado nas salas de vacinação da própria instituição. Caso o hospital não tenha sala de vacina, os profissionais deverão procurar uma UBS. 

Aqueles que trabalham na atenção secundária à saúde poderão procurar as salas de vacinação dos hospitais públicos de referência de sua região. Os da atenção primária deverão procurar UBSs assim como os profissionais que atuam em UPAs, no Hemocentro, na Fepecs, no Instituto de Cardiologia do DF, no Complexo Regulador (incluindo o SAMU), no Parque de Apoio, no Hospital da Criança de Brasília e no Hospital São Vicente de Paulo. 

Os profissionais que trabalham em hospitais militares e no Hospital Universitário de Brasílai (HUB) poderão buscar a dose de reforço nas salas de vacinação de suas respectivas unidades. Os profissionais de saúde do Corpo de Bombeiros poderão buscar a terceira dose nas salas de vacinação de qualquer unidade da rede pública. 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE