2 de novembro

Dia de Finados 2021: cemitérios do DF terão horários e protocolos diferenciados

A Sejus, responsável por coordenar a concessão dos cemitérios do DF, estima que mais de 500 mil pessoas passarão pelas seis unidades cemiteriais

Ronayre Nunes
postado em 28/10/2021 19:17
Os portões para os cemitérios serão abertos às 7h e fecham às 18h30 -  (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A.Press)
Os portões para os cemitérios serão abertos às 7h e fecham às 18h30 - (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A.Press)

Com a aproximação do Dia de Finados, na próxima terça-feira (2/11), muitos brasilienses começam a planejar as homenagens a entes queridos enterrados nos cemitérios da cidade. Ao Correio, a empresa Campo da Esperança Serviços Ltda (que administra os cemitérios da cidade por concessão pública) deu detalhes do funcionamento dos seis locais — na Asa Sul, Brazlândia, Gama, Planaltina, Taguatinga e Sobradinho — durante o feriado.

Os portões para os cemitérios serão abertos às 7h e fecham às 18h30. O atendimento ao público será das 7h30 às 18h. Vale lembrar que os sepultamentos não estão suspensos para o feriado, e ocorrerão normalmente.

O acesso aos locais será diferente. Em Planaltina e em Brazlândia não será permitido a entrada de carros. Nos cemitérios da Asa Sul, Taguatinga, Gama e Sobradinho só poderão ter acesso interno veículos com autorização especial para idoso ou pessoa com deficiência.

O acesso de pedestres, naturalmente, é livre nos seis cemitérios. Lembrando que no da Asa Sul serão duas entradas: ao lado do templo da LBV e no Parque da Cidade, em frente ao Estacionamento 6.

Vale lembrar também que além de mais servidores, os cemitérios terão mais seguranças disponíveis no dia, além do apoio tático da Secretaria da Segurança Pública, da Secretaria de Justiça, do DF Legal, das administrações regionais, das Polícias Militar e Civil, do Detran-DF, do DER-DF e do Corpo de Bombeiros.

A Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), responsável por coordenar a concessão dos cemitérios do DF, estima que mais de 500 mil pessoas passarão pelas seis unidades cemiteriais.

Cuidados contra a covid-19

A Campo da Esperança Serviços Ltda deixou claro a “recomendação” para que as homenagens do feriado sejam realizadas de casa, para maior proteção contra a transmissão da covid-19. Contudo, para quem ainda quiser ir até os cemitérios, algumas medidas de segurança serão tomadas com o objetivo de evitar aglomerações.

O uso de máscara é obrigatório em todos os locais do cemitérios (abertos ou fechados). Não haverá banheiros químicos nos locais e não serão distribuídos copos descartáveis — será necessário levar o próprio recipiente para beber a água nos bebedouros.

Os banheiros fixos serão limpos com mais frequência durante o dia, assim como as vans de transporte do local (a empresa conta com transporte gratuito entre quatro cemitérios: Asa Sul, Taguatinga, Gama e Sobradinho).

A comunicação da empresa alerta ainda para a possibilidade de chuvas torrenciais no dia do feriado, o que deve redobrar os cuidados dos visitantes.

Missas

Nos seis cemitérios também ocorrerão missas ao longo do dia. Este será o cronograma seguido:

Asa Sul, Gama, Planaltina, Sobradinho e Taguatinga:
Às 8 horas, às 9h30, às 11 horas, às 12h30, às 14 horas, às 15h30 e às 17 horas.

Brazlândia:
Às 8 horas, às 11 horas, às 14 horas e às 17 horas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE