DODF

Academias têm novos protocolos para evitar a covid-19; veja o que muda

Com determinação publicada na manhã desta quarta-feira (24/11), todos os estabelecimentos esportivos devem continuar funcionando dentro das normas sanitárias; Porém aulas em grupo podem acontecer

Rafaela Martins
postado em 24/11/2021 13:19
 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O governador Ibaneis Rocha (MDB) decidiu modificar os protocolos e medidas de segurança estabelecidos durante a pandemia do novo coronavírus para as academias de esporte de todas as modalidades, no Distrito Federal. 

Entre as mudanças previstas estão a higienização dos equipamentos de uso coletivo regularmente compartilhados, proibição do funcionamento dos bebedouros, exceto o uso de filtros de água para recarga de garrafas individuais. As modalidades que necessitam de contato físico devem ser realizadas considerando estratégias pedagógicas alternativas e há recomendação para que se evite o contato físico entre alunos, professores, funcionários e colaboradores.

O texto reforça ainda o cumprimento do Art. 2º que garante a distância mínima de um metro entre pessoas e grupos limitados a 6 pessoas, utilização de equipamentos de proteção individual, priorizar agendamento prévio, disponibilizar álcool em gel 70%, manter banheiros e demais locais higienizados, utilizar máscara facial e privilegiar a ventilação natural do ambiente.

Leia o texto na íntegra:

B) Academias de esporte de todas as modalidades:
1. Cumprimento dos protocolos e medidas de segurança gerais estabelecidos no art. 2º deste Decreto.
2. Higienização dos equipamentos de uso coletivo regularmente e compartilhados, tais como halteres, caneleiras, barras, colchonetes, máquinas e similares ao fim de cada utilização e antes do início das atividades. Após a higienização, sinalizar informando que está higienizado.
3. Proibido o funcionamento dos bebedouros, excetuado o uso de filtros de água para recarga de garrafas de uso pessoal.
4. As modalidades que usualmente propiciam contato físico, como as lutas, artes marciais, danças e similares, devem ser realizadas, preferencialmente, considerando-se estratégias pedagógicas alternativas.
5. Recomendação para que se evite o contato físico entre os alunos, professores, funcionários e colaboradores. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE