Tentativa de latrocínio

Juiz federal é espancado a pauladas no Parque da Cidade; autores foram presos

Investigado como tentativa de latrocínio, o crime ocorreu em 15 de fevereiro. O magistrado se exercitava, quando foi abordado por dois homens. Por estar sem dinheiro no bolso, a vítima foi brutalmente agredida com pauladas na cabeça

Darcianne Diogo
postado em 04/03/2022 19:03
Dupla foi presa preventivamente pela PCDF por tentativa de latrocínio -  (crédito: PCDF/Divulgação)
Dupla foi presa preventivamente pela PCDF por tentativa de latrocínio - (crédito: PCDF/Divulgação)

Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) prenderam, nesta sexta-feira (4/3), duas pessoas acusadas de tentar matar um juiz federal, de 48 anos, a pauladas, durante uma tentativa de roubo. O magistrado caminhava pelo Parque da Cidade em plena luz do dia, quando foi atacado por Elisson Francisco da Silva Roque, 28, e Tifani Bueno, 27. 

Investigado como tentativa de latrocínio, o crime ocorreu em 15 de fevereiro. O juiz se exercitava, quando foi abordado pela dupla. Por estar sem dinheiro no bolso, a vítima foi brutalmente agredida com pauladas na cabeça. Segundo o delegado à frente do caso, Maurício Iacozzilli, as agressões só cessaram após as armas utilizadas se quebrarem.

O Correio apurou que o juiz foi socorrido por populares, que acionaram o Corpo de Bombeiros (CBM-DF). Em decorrência das pancadas, o servidor permaneceu internado em um hospital particular do DF por um dia e, no dia seguinte, compareceu à delegacia para registrar boletim de ocorrência. “Após as investigações, a dupla foi identificada e o crime elucidado, tendo o Poder Judiciário concordado com o pedido de prisão preventiva formulado”, afirmou o delegado.

Elisson e Tifani foram presos e encaminhados ao cárcere da PCDF. Se condenados, podem pegar de 20 a 30 anos de reclusão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE