Investigação

Vingança familiar pode estar por trás de assassinato de preso do CPP

Dielson Silva Alves deixava a unidade prisional para trabalhar, quando foi surpreendido a tiros

Preso foi assassinado a tiros -  (crédito: Arquivo pessoal)
Preso foi assassinado a tiros - (crédito: Arquivo pessoal)
postado em 09/02/2024 17:33

Uma suposta vingança pode estar por trás do assassinato de Dielson Silva Alves, o preso baleado em frente ao Centro de Progressão Penitenciária (CPP) na manhã desta sexta-feira (9/2). O detento deixava a unidade prisional para trabalhar, quando foi surpreendido a tiros.

O Correio apurou junto à fontes policiais que a morte pode ter relação com uma tentativa de assassinato cometida por Dielson, em 18 de janeiro deste ano. Na ocasião, Dielson efetuou diversos disparos contra o primo, na DF-480, no Gama.

As equipes da Polícia Militar foram acionadas e conseguiram localizar e prender Dielson. O homem alvejado foi socorrido e, após o atendimento, também foi levado para a delegacia devido a uma arma de fogo encontrada no interior do veículo dele, uma caminhonete branca.

Além da tentativa de homicídio, Dielson acumulava uma vasta ficha criminal, com passagens por furto e roubo. O homicídio é investigado pela Polícia Civil. Até a última atualização dessa reportagem ninguém havia sido preso.

 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação