Maus-tratos

PCGO vai indiciar homem que agredia cachorro com correntes no Entorno do DF

Investigações conduzidas pela delegacia de Formosa apontam que homem agredia o próprio cachorro a golpes de corrente. O animal será colocado para adoção

Suspeito foi indiciado pelo crime de maus-tratos -  (crédito: PCGO/Divulgação)
Suspeito foi indiciado pelo crime de maus-tratos - (crédito: PCGO/Divulgação)
postado em 25/02/2024 22:07

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) vai indiciar um homem acusado de agredir o próprio cachorro a golpes de corrente. O caso ocorreu em Formosa, no entorno do Distrito Federal.

O animal foi resgatado na sexta-feira (23/2) e o ex-tutor do cachorro será indiciado por maus-tratos. De acordo com a polícia, uma equipe da 11ª Delegacia de Polícia (Formosa) foi acionada após ser comunicada que o cachorro era agredido fisicamente com correntes. Com o endereço em mãos, os policiais conseguiram resgatar o animal, que tremia muito e apresentava temor de pessoas.

O cachorro foi encaminhado para tratamento veterinário, com ajuda de uma associação de proteção aos animais de Formosa. O animal será colocado para adoção.

Como denunciar maus-tratos

No DF, denúncias contra maus tratos e crueldade contra animais podem ser feitas na Ouvidoria do Governo do Distrito Federal (GDF) pelo telefone 162 ou pelo site www.ouv.df.gov.br. A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) também pode ser acionada diretamente pelo número 197, pelo e-mail denuncia197@pcdf.df.gov.br ou WhatsApp (61 98626-1197).

O Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) atende 24 horas pelo telefone 3190-5190 e pelo WhatsApp (61 99351-5736).

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) possui três canais de contato através da linha verde: 0800-618080, www.ibama.gov.br/cadastro-ocorrencias , e-mail linhaverde.sede@ibama.gov.br.

A Secretaria de Agricultura (Seagri) trabalha com apreensão de cavalos e pode ser contatada pelo número 3274-2338.

Tags

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação