Circuito Zoo

Circuito no Zoológico de Brasília atrai milhares de corredores e caminhantes

O Circuito tem, no total, cinco etapas, cada uma em homenagem a um animal, e todas ocorrerão em 2024

A corrida combinou esporte, turismo, aventura e educação -  (crédito: Letícia Guedes)
A corrida combinou esporte, turismo, aventura e educação - (crédito: Letícia Guedes)
postado em 01/04/2024 05:06

O Zoológico de Brasília sediou, na manhã de ontem, a primeira etapa do Circuito Zoo Animal — etapa Borboleta. O evento destaca a beleza natural do lugar, incentivando a visitação e a valorização do patrimônio natural. Realizado pela Sociedade de amigos do Jardim Zoológico de Brasília (Amezoo) com o apoio da Secretaria de Turismo do Distrito Federal e do Zoo de Brasília. O circuito de caminhada e corrida de 5km e 10km combinou esporte, turismo, aventura e educação.

 O Circuito Zoo Animal tem, no total, cinco etapas, cada uma em homenagem a um animal, todas ocorrerão em 2024, no Jardim Zoológico. A próxima etapa, chamada Lobo Guará, está marcada para 5 de maio.

Apesar da abertura do lounge ter ocorrido 6h30, meia hora antes já havia corredores empolgados no local. Trajados com camisetas rosa, coloriam, aos poucos, a paisagem verde do zoo. Apesar da iniciativa celebrar o Mês da Mulher, a 1° edição da Corrida Zoo Animal recebeu atletas de todos os gêneros e idades.

O engenheiro Fabrício Carvalho, 44 anos, saiu de Taguatinga por volta das 5h40 para garantir que chegaria ao evento bem cedo. Praticante de corrida há 10 anos, contou ao Correio que correr é um processo terapêutico. "Eu achei interessante trazer o circuito para dentro do Zoológico, porque além de incentivar o esporte, é uma oportunidade de divulgar o espaço para mais pessoas. Eu, particularmente, vim ao Zoo há quatro anos, então é uma boa oportunidade de incentivar", comentou.

A aposentada Cláudia Sousa, 58, é moradora do Sudoeste e inscreveu-se no circuito assim que o evento começou a ser divulgado. Para ela, a iniciativa de celebrar o Mês da Mulher promovendo uma corrida no parque foi incrível, uma vez que é uma maneira de unir a tranquilidade ao esporte. Ela começou a correr há um ano e, desde então, não se vê sem da prática.

Wallisson Couto, diretor-presidente da Fundação Jardim Zoológico de Brasília, disse que o circuito foi uma oportunidade de mostrar à comunidade o trabalho de educação ambiental, conservação e preservação que tem sido feito no zoo. Ele comentou que é uma forma de incentivar a prática de esporte e os cuidados com a saúde. "Essa corrida entrará para o histórico do Jardim Zoológico e a gente pretende fazer outros circuitos também, com as crianças e com o envolvimento de mais pessoas", declarou Wallisson.

De acordo com Amadeu Ceciliano, presidente da Amezoo, a prova recebeu cerca de 1.500 inscrições e todos os participantes ganharam medalhas. Havia troféus de 1°, 2° e 3° lugar para os vencedores, que foram divididos por categoria (idade e gênero). Sílvio Pires, um dos organizadores do evento, comemorou o público total de quase 2 mil pessoas.

 

 

  • O circuito tem cinco etapas, cada uma homenageia um animal
    O circuito tem cinco etapas, cada uma homenageia um animal Foto: Fotos: Letícia Guedes
  • Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação