TEMPO

Distrito Federal não terá inverno rigoroso neste ano, avisa Inmet

Previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) apontam que massas de ar frio não estão chegando à grande parte da região central do Brasil, devido ao bloqueio atmosférico causado por massas de ar seco

Brasilienses se agasalharam para sair de casa nesta segunda-feira (17/6) -  (crédito: ED ALVES/CB/D.A.Press)
Brasilienses se agasalharam para sair de casa nesta segunda-feira (17/6) - (crédito: ED ALVES/CB/D.A.Press)

O inverno é caracterizado pelas movimentações de massas de ar frio, provenientes do sul do continente, que provocam queda na temperatura do ar. Neste ano, entretanto, a persistência de massas de ar seco produzem um bloqueio atmosférico que impedem a chegada de massas de ar frio à grande parte da região central do Brasil. O efeito disso é vivido na prática, em Brasília, nesta quarta-feira (10/7).

Enquanto nas primeiras horas do dia fez 9°C, a previsão é que, à tarde, as temperaturas cheguem a 29°C. O meteorologista do Inmet, Cleber Souza, afirma que a elevação da temperatura na capital federal têm sido constatada há, ao menos, 11 meses. "Apesar de a falta de chuva ser comum nesta estação, o Inmet já constatou que não haverá inverno rigoroso em Brasília em 2024. Basta ver as temperaturas máximas registradas", adverte.

O especialista explica que a predominância de massas de ar seco ocasiona, também, a diminuição da umidade relativa do ar. Dez estados, além do Distrito Federal, estão sob alerta amarelo de perigo potencial para baixa umidade, aviso instituído quando a umidade relativa do ar varia entre 30% e 20%. 

Cleber alerta para a qualidade do ar nessa estação. "A condição do ar só melhora quando o sol se põe, porque a radiação solar provoca secura na atmosfera", diz. "Quando as temperaturas diminuem à noite e de madrugada, não é por efeito de uma massa de ar frio, mas sim devido à perda radiativa durante a noite, pois não há cobertura das nuvens para segurar o calor na superfície", salienta. 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

postado em 10/07/2024 11:04
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação