Música

Nove álbuns de estúdio do RBD voltam às plataformas digitais

Boa parte do catálogo da banda entrará nas plataformas de streaming a partir de 3 de setembro

Correio Braziliense
postado em 28/08/2020 10:01 / atualizado em 28/08/2020 10:01
A banda foi criada a partir da telenovela mexicana 'Rebelde' -  (foto: Televisa/Divulgação)
A banda foi criada a partir da telenovela mexicana 'Rebelde' - (foto: Televisa/Divulgação)

A Universal Music México anunciou, nesta quinta-feira (27/8), que os álbuns de estúdio da banda RBD estarão disponíveis nas plataformas digitais em 3 de setembro, a partir das 21h (horário de Brasília).

Os fãs do grupo formado por Anahí, Christian Chávez, Dulce María, Maite Perroni, Christopher Von Uckermann e Alfonso Herrera poderão curtir os nove álbuns de estúdio do RBD: Rebelde, Celestial, Nuestro amor, os três nas versões em espanhol e português. Empezar desde cero, Para olvidarte de mí e o álbum em inglês, Rebels, também estarão nos catálogos de streaming.

Para aquecer o público, foi criado um canal no YouTube que vai lançar conteúdos oficiais do RBD, como os emblemáticos vídeos de Rebelde, Ser o parecer, Nuestro amor e o sempre celebrado Sálvame. O canal já passou dos 140 mil inscritos.

O retorno da música do RBD às plataformas digitais e físicas satisfaz os mais fanáticos pela banda mexicana em todo o mundo que, desde 2012, pedem a volta das músicas e dos vídeos oficiais por meio das redes sociais, cartas e até campanhas no Change.org

Prestes a completar 16 anos de carreira, o RBD subiu ao palco pela primeira vez em 4 de outubro de 2004, com o lançamento do álbum de estreia, Rebelde. O grupo musical foi criado a partir da telenovela Rebelde e é tido como uns dos grupos de maior êxito do pop mexicano e da América Latina. No Brasil, a novela era transmitida pelo SBT. Em junho, a Netflix anunciou que está produzindo uma nova versão do folhetim, que contará com a sobrinha de Anahí no elenco.

Confira o teaser do projeto:

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação