Música

Spotify celebra Dia da Consciência Negra com playlists de artistas negros

Além da 'Top Brasil' feita só com músicas de artistas negros, a plataforma de streaming convidou personalidades, como Emicida, IZA e Gilberto Gil, para montar listas com artistas que os inspiram

Correio Braziliense
postado em 20/11/2020 18:12

Lista 'Top Brasil' do Spotify só com artistas negros
Lista 'Top Brasil' do Spotify só com artistas negros (foto: Spotify/Divulgação)

Por uma semana, a playlist Top Brasil do Spotify, a maior seleção de hits da plataforma, celebra o Dia da Consciência Negra só com músicas feitas por artistas negros. São canções que vão do funk ao rap, com nomes como Ludmilla, Djonga, IZA, Léo Santana, MC Drick, MC Zaac, Rennnan da Penha e Thiaguinho.

Além da playlist e de uma projeção digital das imagens dos artistas em dois prédios no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (20/11), a Spotify criou um conjunto de listas intitulado Preto no topo. Nele, 17 nomes da música negra escolheram outros artistas que os inspiram e os acompanham.

O público pode acompanhar playlists criadas por Elza Soares, Emicida, Gilberto Gil. IZA, Liniker, entre outros.


Em parceria com a Feira Preta, a plataforma de streaming também disponibiliza, dentro do Preto no topo, seleções assinadas por Thaís Araújo, Hélio de la Peña e Rodrigo França, por exemplo.

Lançamentos

Cantores nacionais colocaram mais uma vez a música como forma de expressão ao lançar trabalhos que marcam o Dia da Consciência Negra. A data, nesta sexta-feira (20/11 em lembrança à morte de Zumbi dos Palmares, propõe uma reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. Na música, o dia foi marcado por lançamentos acerca da temática, como Tommie Smith, do rapper Baco Exu do Blues; Homem invisível, do Péricles com o Projeto, entre outros. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE