Justiça

Kris Wu, ex-integrante da boyband EXO, é acusado de estupro

Após repercussão do caso, o artista perdeu contrato com uma série de marcas. Uma garota de 19 anos o acusou afirmando que ele a estuprou quando tinha 17

Victória Olímpio
postado em 19/07/2021 15:48
 (crédito: Instagram/Reprodução)
(crédito: Instagram/Reprodução)

Kris Wu, ex-integrante da banda EXO, foi acusado de estupro e perdeu contratos com marcas chinesas após repercussão do caso. O artista ficou famoso ao participar da boyband, mas saiu do grupo em 2014. Desde então, Wu investiu na carreira solo, além de fazer trabalhos como ator e modelo.

Segundo informações do The Guardian, Du Meizhu, atualmente com 19 anos, acusou o cantor de tê-la estuprado dois anos atrás, quando tinha 17. Ela falou ainda que o artista, de 30 anos, fez sexo com pelo menos outras sete garotas que tinham menos de 18 anos. Meizhu revelou que ele as seduziu com álcool e promessas de fama.

Wu negou as acusações nas redes sociais: "Eu apenas encontrei a senhorita Du uma vez, em uma reunião de amigos. Eu nunca a fiz beber álcool. E nunca 'coagi mulheres a fazerem sexo' ou me envolvi em 'estupro'." Ele negou ainda ter se envolvido com outras garotas menores de idade.

Ainda segundo o jornal, a marca de produtos para cuidados com a pele Kans, a plataforma de streaming Yunting e a empresa de detergentes Libai informaram que iriam encerrar suas parcerias com Wu. O estúdio do artista informou que tomará atitudes legais contra a acusadora.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE