AÇÃO

Justiça bloqueia contas bancárias de Galvão Bueno

Empresa da família do narrador mantém dívida com fundo de investimentos desde 2017

João Mello/UAI
postado em 20/07/2021 21:58
 (crédito: Reprodução/TV Globo)
(crédito: Reprodução/TV Globo)

A Justiça de São Paulo bloqueou contas bancárias de Galvão Bueno, da esposa Desirée Soares e de Letícia Galvão Bueno, sua filha. A informação é de Fabia Oliveira, do jornal O Dia e repercutiu durante a tarde desta terça-feira (20/07).

A decisão é parte de uma ação judicial aberta pelo fundo de investimento Lest Credit contra a empresa Virtual Promoções e Participaçãoes, propriedade da família do famoso narrador. Em 2017, o empreendimento da família Bueno tomou cerca de 1,6 milhão de reais em empréstimo junto ao fundo. O valor deveria ter sido pago em 31 parcelas.

Há cerca de dois meses, a Virtual reconheceu a dívida e fez um acordo para quitar os débitos, mas que não foi totalmente cumprido. Ao bloquear as contas, a Justiça interceptou cerca de 1,4 mil reais nas contas de Galvão. Já na de Desirée, foram bloqueados cerca de 90 mil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE